Uma boa notícia para os saudosistas do sistema operacional WebOS: nem tudo está perdido. Depois do anúncio da LG na Mobile World Congress 2013, que estava comprando o sistema operacional móvel desenvolvido pela Palm e comprado inicialmente pela HP, descobriu-se que a empresa sul-coreana não quer colocar o sistema em suas TVs inteligentes, mas também nos smartphones.

Bom, a presença do WebOS nos smartphones da LG está mais para um desejo do que para um plano, e é citado de forma bem tímida nos corredores de Barcelona. Porém, é fato que a ideia é altamente tentadora para aqueles que acreditavam que o sistema da Palm poderia ocupar um bom lugar no mercado mobile. Infelizmente, o tempo mostrou que isso não aconteceria, e nem tanto por culpa do WebOS, mas muito mais por parte da Palm e da HP, que não souberam cuidar do software.

A LG comprou o WebOS depois da HP ter feito uma oferta de venda considerada irrecusável. Vale a pena registrar que a compra não inclui todo o portfólio de patentes e tecnologias, já que a HP mantém sob sua propriedade alguns elementos que permitem que a empresa no futuro desenvolva tecnologias para integrar em seus próprios dispositivos, especialmente aqueles pensados nos serviços na nuvem e aplicativos.

No caso da LG, como bem sabemos, o objetivo principal com a aquisição é renovar completamente a sua interface e experiência de uso nas Smart TVs. Porém, ainda que inicialmente não seja algo possível, eles não descartam que em médio e longo prazo, smartphones com WebOS sejam lançados pela LG.

Desse modo, a LG passa a contar com duas plataformas para seus smartphones, se assim quiser. Os coreanos parecem não querer depender por completo do Android, de modo que uma segunda opção vem bem a calhar. Principalmente quando eles são donos dessa segunda opção.

Via Celularis