smartphones

O lançamento de uma nova geração de smartphones quase sempre implica em uma queda de preço dos modelos anteriores, algo que anima a muitos usuários a comprar esses modelos.

Inicialmente, isso pode parecer positivo. Muitos modelos são potentes e podem custar até 50% a menos que um top de linha atual. Mas… essa é realmente uma boa opção?

A pergunta merece uma certa reflexão para a resposta. Os fabricantes de smartphones Android oferecem um suporte de até dois anos para novas versões.

Por exemplo, o Galaxy S6 de 2015 não vai receber novas versões do Android a partir de 2017, não passando então do Android Nougat (pelo menos por vias oficiais).

No caso do iOS, a Apple garante entre quatro a cinco anos de atualizações, algo que se cumpriu até agora com o iPhone 4, iPhone 4S e iPhone 5.

Porém, leve em consideração que os prazos de suporte contam desde o momento em que o smartphone é lançado. Ou seja, quem comprou o Galaxy S6 em 2016 teve apenas um ano de suporte.

Em resumo: quando você compra um smartphone da geração anterior, pode ser interessante pagar um preço menor, mas o seu prazo de suporte é inferior.

Você acaba sofrendo da tal obsolescência programada antes, o que não é um problema para a maioria, já que os tops de linha dos últimos dois anos ainda são bem úteis. Mas é algo que você deve ter em mente antes de comprar um smartphone da geração anterior.