Já estava na hora da Meizu apresentar a versão quad core do MX, e aqui temos a aparência dele, que será lançado no mês de junho. E o modelo chega cheio de estilo, porque além da tradicional carcaça na cor branca, o usuário poderá utilizar outras cinco opções de cores, tal como você vê na foto acima.

O novo MX quad core conta com um processador Samsung Exynos de 32 nanômetros, baseado na plataforma Cortex A9, que segundo a Meizu vai permitir reduzir o consumo da CPU em até 20%, se compararmos com o seu equivalente em dual core. Para se ter uma ideia da importância desse processador, ninguém, nem mesmo a Samsung, possui no mercado um telefone com um processador Exynos de quatro núcleos.

Mas não foi só o processador que melhorou. Sua bateria passa a ser de 1.700 mAh (contra 1.600 mAh do modelo dual core). Será interessante ver o quão boa é essa autonomia de uso com esse novo hardware.

Sobre o seu software, a Meizu optou por usar uma versão Android Ice Cream Sandwich maquiada com a sua própria interface. Não sabemos se a empresa segue os seus planos de lançar um modelo com a ROM do Android 4.0 limpa e sem complementos.

Do mias, o novo MX quad core é idêntico ao modelo de dois núcleos, com uma tela ASV de 4 polegadas (960 x 640), câmera de 9 MP e ausência absoluta de um slot para cartões microSD, para ampliar a sua memória interna. Nesse ponto, temos que fazer uma observação, uma vez que o modelo de entrada possui agora 32 GB, e custará o mesmo preço que o modelo dual core de 16 GB, ou US$ 386 (já convertidos). Também estará disponível uma versão de 64 GB, por US$ 528. Com esse lançamento, o MX dual core tem o seu preço reduzido para US$ 334.

Via Engadget