Depois de vazar na internet, a HTC decidiu falar de forma oficial sobre a existência do novo HTC Wildfire. A empresa anunciou oficialmente este smartphone, que é uma aposta deles para aproximar o Android de todos os bolsos. A empresa taiwanesa pensou neste novo aparelho como uma versão reduzida do seu HTC Desire, com algumas restrições, mas sem perder muito nas suas configurações e serviços. A ideia principal que eles querem passar com este aparelho é contar com um produto de muitas possibilidades, mas que seja acessível para o público em geral. Especialmente aqueles que querem entrar no mundo dos smartphones, e ficar sempre conectados em um dispositivo simples de se usar.

O HTC Wildfire é um telefone com processador Qualcomm de 528 MHz e 384 MB de RAM, que funciona de forma rápida, graças ao Android 2.1 e a versão mais recente do HTC Sense, a interface de usuário presente em todos os smartphones da HTC, e que já é o seu símbolo tecnológico. Sua tela capacitiva de 3,5″ QVGA é mais do que suficiente para mostra todas as informações e dados necessários a cada momento na tela, para não falar de sua resposta, cores e brilho. Também podemos destacar a presença dos botões “táteis” na parte inferior da tela, seguindo as características do Nexus One, e a aparição do trackpad, substituindo as trackballs. Também chama a atenção a câmera de 5 MP com flash LED e auto-foco. Por fim, conta com A-GPS, Rádio FM, Bluetooth, WiFi e bateria de 1300 mAh.

A integração com as redes sociais foi um fator que recebeu o destaque da HTC, pois agora, cada contato recebe ainda mais informações relevantes e dados. Tendo em conta que com a versão atual do Sense era a única que aglomerava todas as redes sociais e informações em torno daquele contato, a nova interface nos mostra o que há de mais relevante na hora que o usuário recebe uma chamada ou um e-mail daquele contato. Vai informar qual foi a mais recente atualização do Facebook, os dias que faltam para o seu aniversário, os próximos eventos que confirmamos no Facebook, entre outros. Tudo isso com apenas uma olhada na tela, para que não se perca tempo. Vai funcionar com o Facebook Flickr e Twitter.

Além disso, o usuário poderá compartilhar por SMS ou e-mails aplicativos entre os amigos, tendo a possibilidade de enviar para qualquer pessoa um link para a Android Market, recomendando o seu uso. O telefone chegará em julho na Europa, com preço aproximado de 259 euros livre de subsídios. Nada foi falado sobre quais operadoras vão trazer este produto, nem a que preço.

Fonte