iPhone 7

 

Lembra do iPhone 5? Ele usava outros materiais que resultaram em dores de cabeça para quem adquiriu a versão na cor negra, já que o revestimento do dispositivo começava a descascar.

Mesmo quando o smartphone estava protegido por um case, todos os elementos do dispositivo eram mais suscetíveis aso arranhões.

Na geração seguinte, a Apple eliminou essa cor, afirmando que, por ser um produto de alumínio, um simples arranhão poderia deixar a sua cor natural em evidência.

 

 

Quando a opção black piano do iPhone 7 foi apresentada, muitos veículos criticaram a escolha, já que o histórico indicava que este modelo poderia se transformar no novo iPhone 5. Mas isso não aconteceu: não foi essa a cor que começou a dar problemas para a empresa, mas sim o modelo em preto mate.

A página de suporte da Apple está cheia de usuários que afirmam que o seu iPhone 7 nessa cor está perdendo a pintura.

 

 

A resposta da Apple é a habitual: afirmar que tal problema não é coberto pela garantia, e não se responsabiliza por isso.

Os problemas em dispositivos da Apple queimam o filme da empresa. São produtos caros e, inicialmente, a empresa nunca reconhece que pode ser um problema de fabricação ou design do dispositivo, colocando sempre a culpa no usuário final.

 

 

Antes de se pronunciar oficialmente, a Apple deveria investigar o que está acontecendo para comprovar se casualmente todos os dispositivos que sofreram da falha fazem parte do mesmo lote, o que pode indicar um problema específico, para então substituir as unidades e eliminar todas as dúvidas pendentes. Mas parece que a empresa se acostumou com a frase “falem mal, mas falem de mim”.