Enquanto muitos veículos de comunicação dão como “congelada” a sua aposta na tecnologia OLED, a Sharp segue mostrando novos projetos que, com certeza, devem ajudar e muito na confecção do celular do futuro. Neste caso, podemos ver duas pequenas telas OLED. A primeira delas com um tamanho de 2″ (320 x 240), que apesar de não ter configurações muito avançadas, se destaca por ser transparente, graças a uma transmissão de 50%.

O segundo protótipo é flexível, de 3,5″, também é OLED, e se destaca por ser extremamente fina, contando com apenas 0,3 mm de espessura, o que explica a sua flexibilidade. Fabricada com substrato de resina, sua resolução é de até 256 x 64 píxels, nada muito útil por enquanto, mas que pode melhorar com o decorrer do tempo, e se transformar em uma solução muito interessante e atraente para telas de celulares para o futuro.

Fonte