A plataforma Atom que a Intel escolheu para o mercado dos dispositivos móveis parecia limitada aos smartphones, mas parece que não é bem assim. A Sharp anunciou um novo tablet baseado na plataforma de processadores Intel Medfield, a plataforma x86 móvel da Intel.

A melhor notícia do lançamento é que ele poderá funcionar com o sistema operacional Android, mas também com o novo sistema da Microsoft, Windows 8. O tablet, que foi fotografado como um protótipo, possui uma tela de 10,1 polegadas (1280 x 800), muito típica desses dispositivos, e chegará com 32 GB de armazenamento em SSD, câmera traseira de 8 megapixels, câmera frontal VGA, e uma autonomia de bateria prometida de até 12 horas, o que é excelente para um tablet.

O tablet da Sharp também possui um sensor biométrico e um sistema de alarme baseado na tecnologia RFID. Apesar de ser um dispositivo orientado ao setor educacional, não parece ser algo “simples” manter os dados seguros. Por isso, tais recursos. Outro problema pode estar no seu preço, uma vez que o modelo possui um sistema de recarga de bateria sem fio, algo raro até mesmo nos tablets mais avançados.

O produto chegará ao mercado em duas versões: um com Android 4.0 Ice Cream Sandwich, e outro, com Windows 8. O produto deve entrar em fase de produção em breve, mas a Sharp não fez comentários sobre sua disponibilidade. Sem preço anunciado.

Via Gizmologia