smartphones-teaser

Este artigo foi criado pela equipe Bitdefender Antivírus para uso exclusivo do Targhet HD

Segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgada em abril de 2015, o número de smartphones já superou o de computadores no Brasil – são 154 milhões de celulares, contra 152 milhões de computadores.

Apesar disso, quando o assunto é segurança, os smartphones ainda estão atrás – uma pesquisa revelou que cerca de 90% dos usuários Windows contam com alguma proteção antivírus enquanto que, para os aparelhos Android, esse número não ultrapassa 60%. Levando em conta o amplo uso dos aparelhos móveis, é importante que o usuário se atente para a proteção de seus dados.

mulher-usando-smartphone-01

Sinais de Alerta para Infecções

Os indícios mais comuns da presença de vírus são os seguintes:

Créditos que “somem” do aparelho e débitos indevidos: um dos golpes mais comuns no Brasil é o cadastro de números em serviços de SMS que, por sua vez, passam a descontar o valor referente ao serviço periodicamente da vítima do golpe;

Desgaste anormal da bateria: assim como outros aplicativos, um malware precisa usar a bateria para funcionar e isso, em alguns casos, afeta a performance da bateria;

Presença de adwares: propagandas em excesso e páginas acessadas sem solicitação podem indicar a presença desse tipo de vírus no celular.

 

O que Fazer Caso seu Aparelho Esteja Infectado?

A solução mais prática para a eliminação de vírus é baixar o aplicativo de um antivírus para Android, como o da Bitdefender, por exemplo, que é gratuito e não prejudica o desempenho do aparelho. O próprio programa de proteção se encarregará de detectar e eliminar ameaças, deixando o aparelho limpo novamente. Em casos mais graves, a solução pode estar em resetar o celular – com isso o usuário perderá todos os dados armazenados no aparelho.

 

homem-usando-smartphone

Não Corra Riscos

O smartphone é muito mais do que um simples aparelho telefônico, por isso para proteger a integridade de seus dados, é importante ter alguns cuidados básicos:

  • Não realizar operações que exijam senhas (ex.: internet banking, compras, logins, etc.) em redes de Wi-Fi públicas;
  • Evite baixar aplicativos piratas ou fora das lojas oficiais;
  • Confira as permissões solicitadas por cada novo aplicativo;
  • Leia a URL (endereço) de um link antes de clicar nele; confira se ele é coerente com sua descrição.
  • Mantenha o sistema operacional e aplicativos sempre atualizados;
  • Invista na proteção de um antivírus.

Com cuidado e bom uso da internet é possível manter seu smartphone longe dos vírus e assim uma navegação saudável!

Imagem: Shutter Stock

banner-publi-targethd.jpg