senhas password

Qualquer serviço de internet que você usa precisa de credenciais, como nome de usuário e senha. E até que não se estabeleça de forma majoritária outro método, é o que temos para hoje. E não leve esse tema como uma brincadeira.

Recentemente, mais de 60 milhões de usuários do Dropbox tiveram suas credenciais expostas depois de um ataque aos servidores da empresa. Isso não vem de hoje: em 2012, a Last.fm teve 43 milhões de credenciais expostos.

Mas no caso do Last.fm, foi uma mera brincadeira de criança. Quem se importa com listas de músicas, ou gostos musicais? O Dropbox tem informações sensíveis, muitas vezes relacionados com outros serviços da web.

Nem todos os serviços conectados contam com a mesma importância. Perder acesso ao e-mail pode causar mais estragos, justamente por ser o principal método de recuperação de senha. Uma segurança relapsa pode gerar um mal hábito e, por tabela, problemas graves no futuro.

 

Não deixe as senhas por conta do acaso

 

senhas

 

Fato é que o usuário está a mercê da qualidade dos equipamentos de cada empresa (a maioria dos ataques acontecem por conta da vulnerabilidade de software não corrigidas, ou or falhas humanas). Mas o usuário também tem sua dose de responsabilidade.

Usar códigos fortes, não reutilizados e deixá-los guardadas em um canto, é o mínimo.

Um gestor de senhas pode ser a melhor solução. Os principais navegadores contam gerenciadores integrados e são seguros. Para criar senhas fortes, é possível usar extensões, além de gerenciar as senhas no PC e no smartphone.

E não custa tanto trocar as senhas principais regularmente.

É possível ainda contar com proteções adicionais como verificação em dois passos. Pode não ser infalível, mas com um pouco de esforço pode fazer a diferença.

Mas se você só confia no seu cérebro para armazenar senhas, é melhor trabalhar bem na criatividade em criar suas senhas.