google-

O Google anunciou mudanças na integração do Google+ com os seus demais serviços, colocando fim à (absurda) obrigatoriedade de contar com um perfil na rede social para conectar contas com serviços específicos, como o YouTube, por exemplo.

A desconexão do Google+ dos demais serviços vai acontecer nos próximos meses, começando pelo YouTube, onde as mudanças são imediatas. E com essa decisão, fica a pergunta: este é o primeiro passo para o efetivo fim dessa rede social, algo que já foi anunciado pela gigante de Mountain View?

A partir de agora, um usuário pode se inscrever em um canal do YouTube ou enviar comentários nos vídeos sem precisar registrar sua identidade com um perfil do Google+. Também passa a ser possível eliminar o seu atual vínculo com o perfil do Google+ a partir da sua página do YouTube.

O Google afirma que escutou ‘os pedidos dos usuários que não viam sentido em ter que utilizar um perfil do Google+ para acessar os demais serviços’. Nos próximos meses, todo o processo será simplificado ao ponto que basta ter uma conta Google para ter acesso a todos os serviços.

A mudança é substancial. Desde 2013, o Google tenta impulsionar a sua rede social, conectando-a aos seus serviços mais populares. Não sabemos se o objetivo foi cumprido (algo me diz que não), mas fica claro que o Google+ está muito atrás do Facebook e Twitter, não encontrando o mesmo interesse dos usuários.

A nova estratégia do Google fica claro no lançamento do Google Fotos como aplicativo independente do Google+. E eles não podemo permitir que a sua rede social penalize o resto dos seus serviços. Por outro lado, sua conexão ajudou a somar usuários à mesma.

Por fim, Bradley Horowitz, vice-presidente do Google, garante que o Google+ ‘não morreu’.

Vamos aguardar…