xbox-one-bundle-04

Era algo que todo mundo já sabia: a Microsoft venderia muito mais consoles se o Kinect fosse opcional, e foi justamente isso o que aconteceu. Tal como anuncia o próprio fabricante, desde o seu lançamento no dia 9 de junho, o modelo sem Kinect fez com que as vendas do Xbox One nos Estados Unidos simplesmente duplicassem em relação ao mês de maio.

Os US$ 100 de diferença em relação ao PS4 pesavam, e os números mostram que mesmo com muito potencial, o Kinect segue sendo um periférico caro e desinteressante para muitos usuários. Disponibilizar o Xbox One puro e simples foi a decisão mais acertada de todas.

Resta saber se isso será suficiente para que a Microsoft recupere terreno em relação à Sony. É possível. Afinal, o período mais cobiçado de vendas só acontece daqui a cinco meses. Vamos ver o que os US$ 100 a menos pode fazer no período de Natal.

Via Xbox Wire