A pesquisa feita pela F/Nazca, em parceria com o Datafolha, revela que o crescimento da internet no Brasil estacionou. A nona edição do estudo F/Radar, realizado semestralmente e divulgado ontem (22/08), mostra que 51% dos brasileiros com mais de 16 anos acessam a internet no Brasil, e esse número é apenas 4% maior que os números registrados em março de 2008, com margem de erro de 2% para mais ou para menos.

No mesmo período, os pontos de acesso de banda larga doméstica subiu de 12% para 31% da população. Isso mostra uma melhora na qualidade da navegação entre aqueles que já se conectavam à rede. Infelizmente, a pesquisa mostra que o acesso ainda está restrito aos mais ricos: 62% dos brasileiros da classe A-B contam com interne de alta velocidade em casa, enquanto que na classe C, esse número é de 22%, e nas classes D-E é de apenas 4%.

O acesso em casa passou a ser mais relevante do que o acesso em lan houses. A parcela daqueles que acessam a web diariamente subiu de 32% para 41%, desde a última pesquisa. Nos últimos 3 anos, o acesso à internet móvel dobrou, com 11% da população contando com esse tipo de conexão. A maior concentração de usuários de internet móvel no Brasil estão na faixa de até 24 anos de idade.

A pesquisa sobre o cenário da internet brasileira é feita pela F/Nazca desde 2007. No último levantamento, feito em abril de 2011, 2.286 pessoas foram entrevistadas em 145 municípios. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o seu nível de confiança é de 95%.

Para saber mais detalhes sobre a pesquisa, clique aqui.

via AdNews