HBO

O mesmo grupo hacker que na semana passada obteve dados dos servidores da HBO voltou a publicar na internet parte dos 1.5 TB de dados coletados.

Os hackers repetiram a estratégia da primeira leva de vazamento, fazendo o material chegar diretamente a um grupo específico de jornalistas. A página onde eles publicaram a primeira leva de vazamentos continua fora do ar nesse momento.

A nova documentação envolve um resumo completo do quinto episódio de Game of Thrones, documentos confidenciais de todos os tipos e até telefones e e-mails pessoais de vários atores.

Entre os conteúdos, há uma lista com mais de 30 mil endereços de e-mail, que fazem referência como a lista de contatos do CEO da HBO. Também aparecem vários documentos indicados como confidenciais, incluindo listas de senhas, contratos, processos legais contra a rede, e-mails de alguns dos seus diretores, entre outros.

No total, o segundo vazamento inclui 3.4 GB de dados.

O ataque à HBO seria o objetivo número 17 do grupo hacker. Segundo o grupo, apenas três desses alvos não pagaram o resgate dos seus dados, e que eles já conseguiram entre US$ 12 e US$ 15 milhões por ano com a técnica.

Um vídeo com um texto explica os detalhes específicos da ameaça, além de oferecer mais informações sobre como eles supostamente realizaram cada operação.

Os hackers garantem ter comprado vários exploits do tipo “zero-day”, e que levou seis meses para eles alcançarem os servidores da HBO. A extensão do ataque ainda é um mistério: os hackers afirmam ter chegado “até a cozinha”, mas a HBO insiste que esperava por mais vazamentos, mas que o seu sistema de e-mails não foi comprometido.

 

Via APNews