iss

Um vídeo gravado diretamente da Estação Espacial Internacional (ISS) pode fazer com que muitas pessoas pensem duas vezes no seu sonho de ir ao espaço. No vídeo, um astronauta mostra como é possível reciclar a própria urina no espaço, para resolver o problema da escassez de água em lugares remotos, como é o caso do espaço.

O processo é totalmente automatizado, e o astronauta garante que você vai beber uma água mais pura do que a maioria das fontes de água utilizadas na terra. Mas lembre-se: é a sua urina reciclada. Pense nisso.

O astronauta em questão é Chris Hadfield, comandante da ISS, que demonstra como o processo funciona. O primeiro que você precisa ter em mente é que um astronauta pode consumir, por dia, 2 litros de água, que é mais ou menos a mesma coisa que uma pessoa comum precisa consumir em média. Até 2010, a água era enviada em bolsas a partir da Terra, mas isso é trabalhoso e custoso para as partes envolvidas.

Agora, um sistema na própria estação espacial pode converter em água pura e portável 93% de toda a água usada na estação. O sistema é muito eficiente, mas só vai funcionar se cada astronauta evitar o desperdício, e reciclar toda a água que eles usam. Incluindo a urina.

E não só a urina. É preciso reciclar o suor em momentos de exercício, a água utilizada para o banho, entre outras atividades. Todos esses líquidos são introduzidos dentro de uma máquina, que separa as impurezas da água.

O único problema vem quando você trabalha em um ambiente com gravidade zero, ou quando não é possível separar as impurezas de forma tradicional. Logo, o que a máquina precisa criar é um campo de gravidade, para que o processo de destilação funcione de forma adequada.

Agora você sabe como funciona: se quer ser um astronauta, precisa se preparar psicologicamente para beber a sua água sem pensar de onde ela vem. Vídeo demonstrativo abaixo.

Via Gizmologia