Samsung Z2

A Samsung apresentou oficialmente no Quênia o Samsung Z2, terceiro smartphone da empresa com o sistema operacional Tizen.

O lançamento ficou em segundo plano porque aconteceu no mesmo dia em que a Samsung anunciava o seu novo phablet top de linha o Galaxy Note 7, além da nova versão do óculos de realidade aumentada, o Gear VR.

 

O básico, e tentando evitar a dependência do Android

A Google se beneficia e muito da liderança da Samsung no mercado Android, já que por tabele a empresa sul-coreana também é líder no mercado de smartphones. Porém, evitar a dependência da Google com um ecossistema próprio é uma estratégia pensada pelos executivos da Samsung a algum tempo. E o Tizen, mais uma releitura alternativa do Linux para dispositivos móveis (sucesso do MeeGo, que por sua vez veio do Maemo pelas mãos da Nokia e o Moblin da Inel), desenvolvido pela Intel, Samsung e alguns dos desenvolvedores ex-MeeGo sob a chancela da Linux Foundation, foi o escolhido para esse desafio.

Samsung Z2 02

A estratégia é colocar o Tizen em outros dispositivos. Já visos o sistema operacional em Smart TVs e wearables da Samsung, e agora vemos mais uma investida no segmento de smartphones, que foi o motivo principal da existência do software. Curiosamente, este é o Samsung Z2, que é lançado depois do Samsung Z1 e Z3.

Samsung Z2 03

O Samsung Z2 é um smartpone de entrada, claramente voltado para os países emergentes (não à toa esta é a primeira apresentação da Samsung que acontece no Quênia), com um hardware muito básico: tela AMOLED de 4 polegadas, processador de quatro núcleos, 1 GB de RAM e bateria de 2.000 mAh.

O modelo estará disponível no Quênia no dia 26 de agosto. Preço e disponibilidade em outras regiões não foram revelados.