650_1000_samsung-galaxy-a5

Segundo o The Korea Herald, a Samsung vai reforçar as suas novas famílias de produtos – Galaxy A, Galaxy E, Galaxyy J e Galaxy Z – com dispositivos que ajudem a empresa a voltar a ser referência nos mercados de entrada e de linha média.

Os modelos top de linha, ainda que sejam os modelos com maior cobertura midiática, apenas farão parte da grande equação das vendas da Samsung. A ideia da empresa é recuperar mercado em locais onde eles ficaram para trás para os concorrentes menores e com produtos mais acessíveis.

A Samsung demonstra essa ambição com os primeiros lançamentos nessas linhas de produtos, e até com modelos com futuro complexo, como é o caso do Samsung Z1 com Tizen. Porém, essa aposta em linhas muito populares em mercados emergentes podem ter consequências importantes nas vendas do fabricante.

Fato é que vários fabricantes chineses já demonstram a algum tempo que é possível competir com os gigantes da tecnologia. E a Samsung parece disposta a reverter esse jogo com novos produtos, que podem convencer a indústria e aos usuários que eles não estão interessados apenas nas vendas do Galaxy S6 Edge.

Via The Korea Herald