galaxy-note-7-que-explodiu

 

A Samsung solicitou a devolução das unidades do Galaxy Note 7 para todos os usuários, em todos os mercados de todos os países. Mas nem todos querem cumprir a petição da empresa, mesmo com o risco de explosão do dispositivo.

Para fazer frente a esta inconsistência, a Samsung confirmou que vai lançar uma atualização do Galaxy Note 7 que impedirá a recarga em 100%, de modo que a mesma fique limitada a 60% de capacidade máxima de carga, limitando consideravelmente sua bateria e resultando em efeitos negativos na experiência de uso.

 

galaxy-note-7-2-3

 

A medida não é uma novidade ou algo exclusivo de um continente. Começou na Coreia do Sul a alguns dias, e levando em conta que um terço dos usuários não devolveram o Galaxu Note 7 na Europa (por exemplo), é perfeitamente compreensível que a Samsung mostre a extensão do problema.

A atualização deve chegar a partir de hoje (31), e deve ser suficiente para “motivar” os mais indecisos a devolverem o seu Galaxy Note 7.

 

Via GSMArena