Galaxy Note 7

 

A Samsung quer simplesmente se esquecer que o Galaxy Note 7 existiu um dia, mas ainda há 4% de dispositivos que não foram devolvidos. Afinal de contas são dispositivos que viraram peças para colecionador.

Isso pode representar problemas para a Samsung, e nos últimos meses a empresa enviou uma série de atualizações que limitam várias funções do Galaxy Note 7. Mas para resolver o problema de vez, os coreanos agora anunciam desativar a carga de bateria do modelo, através de uma atualização global.

A Samsung vai forçar uma atualização no Galaxy Note 7 nos próximos dias, que vai desativar a função de recarga nas unidades que ainda não foram devolvidas.

A empresa já liberou updates que impedem o Note 7 de se conectar à rede de dados, além de limitar a capacidade de recarga da bateria. Porém, o problema aqui é que tais atualizações devem ser autorizadas pelo próprio usuário, e quem não quer devolver simplesmente vai pular esse futuro update.

 

 

As medidas anteriores foram adotadas em mercados específicos, e não de maneira global. Mas ao que parece, a nova atualização começa a ser enviada a partir dessa semana, e não terá que passar pelo usuário, se instalando automaticamente assim que o usuário se conectar a uma rede WiFi.

A Samsung aproveitou para atualizar seus dados, e informa que só falta recolher 3% de todos os dispositivos vendidos. A maioria das unidades em circulação está em países como Coreia do Sul, Austrália e Estados Unidos.

 

Via The Next Web