A Samsung derrotou a Nokia de novo no terceiro trimestre, na única competição que os finlandeses ainda demonstravam alguma força, ou seja, no número de celulares vendidos ao redor do planeta. Segundo o IDC, esse é o terceiro trimestre consecutivo que os sul-coreanos são a força dominante no mercado de telefones móveis, retendo 23.7% do mercado.

Vale lembrar que a Nokia foi a maior vendedora de celulares do mundo por 14 anos (1998-2011), ou seja, um domínio que durou muito dentro de um mercado relativamente novo, que é o dos celulares (se comparado aos computadores e a tecnologia como um todo, por exemplo). É mais um sinal de declínio dos finlandeses, e que a recuperação precisa ser a mais urgente possível, se a empresa quiser continuar a brigar no segmento.

A Samsung vendeu 105.4 milhões de unidades de celulares e smartphones no terceiro trimestre de 2012, um aumento de 21% em relação ao mesmo período de 2011. O salto nas vendas credencia a Samsung como “a maior vendedora de celulares do mundo”, ultrapassando a Nokia e dando aos coreanos os já citados 23.7% do mercado. Em market share, a Samsung também registrou um aumento de 3.6% em relação ao ano passado.

Se restringirmos os números ao mercado de smartphones, a Samsung detém hoje 31.3% de mercado, o que é mais que o dobro daquilo que a Apple possui hoje (15%). O motivo dessa liderança é algo bem óbvio: a liderança da linga Galaxy, com um lançamento a cada semana, praticamente (o Samsung Galaxy Premier, mais um clone do Galaxy S III, com processador dual-core e tela menor, será lançado em breve).

A Nokia vendeu um total de 82.9 milhões de smartphones no terceiro trimestre de 2012, registrando uma queda de 22.2%, resultando assim em uma fatia de mercado de 18.7% para os finlandeses. A terceira colocada da lista da IDC é a Apple, que retém 6.1% do mercado, e na quarta posição está a LG, com 3.1% de mercado. Lembrando que os números variam entre os institutos que avaliam o mercado. A Strategy Analytics, por exemplo, dá um market share para a Samsung de 35%.

Via