samsung-chromebook-2

 

Nem mesmo os Chromebooks, que pareciam ser a solução para a crise de vendas dos PCs convenceram a Samsung, que suspendeu as vendas de computadores portáteis na Europa. De acordo com o site PC Advisor, a fabricante coreana já confirmou a decisão, que é temporária.

A decisão não representa a retirada da Samsung nesse segmento em outros mercados, ou o fim do desenvolvimento nesse segmento, ou que novos modelos não serão apresentados em outros continentes. Porém, vale lembrar que aconteceu o mesmo com a Sony, e tal como os japoneses, os coreanos querem concentrar esforços na área de smartphones, após analisar as necessidades do mercado atual de portáteis.

Um indício de que isso poderia acontecer foi a participação da Samsung na IFA 2014: tablets, telefones e smartwatches foram apresentados, mas nada de notebooks e Chromebooks.

A decisão também pode indicar que está cada vez mais difícil para eles competirem no setor com a Apple e, principalmente, com a Lenovo, esta última a líder do mercado de portáteis. As últimas vítimas desse setor (além da já citada Sony), a Toshiba recentemente anunciou a sua saída do mercado de notebooks.

Vamos ver o que o tempo vai dizer: se a Samsung se retira de outros mercados, se esse é mais um sintoma do fim do segmento de computadores portáteis, ou se estamos passando apenas por mais uma má fase, como afirmam alguns.

Via PC Advisor