samsung-back-teaser

 

O estudo trimestral da IDC reforça a queda da Samsung na sua cota de mercado de smartphones, reflexo (em partes) da crise do Galaxy Note 7.

A queda não é tão relevante em relação ao trimestre anterior, mas se observarmos o mesmo período do ano passado, a Samsung perdeu até 20% de sua fatia de mercado. Mesmo assim, ainda ficou na primeira posição no ranking mundial.

A pergunta que fica é: para onde foram os usuáros do Galaxy Note 7.

 

Apple parece ser a principal beneficiada

 

iphone-7-back-teaser

 

O Top 5 do ranking mundial de smartphones está dentro do previsto… exceto para a Apple, que segue caindo.

Vale lembrar que é o final do ano fiscal da Apple, um trimestre onde tradicionalmente a empresa sente com mais força as vendas dos novos dispositivos. Algo que não aconteceu dessa vez.

Os novos iPhone 7 e iPhone 7 Plus não conseguiram evitar a queda nas vendas e lucros da Apple pelo terceiro trimestre consecutivo, apesar de uma melhora de cota em relação ao trimestre anterior. A recuperação em relação à Samsung foi de 12,5%, o que dá esperanças para a empresa no futuro.

Por outro lado, o trio chinês segue no Top 5. A Huawei cresce, apesar de ter um crescimento desacelerado no último trimestre. Oppo e Vivo seguem na perseguição. Mais o primeiro que o segundo, e ambas podem buscar a Huawei em médio prazo.

Vale lembrar que a Huawei tem uma meta ambiciosa: ser líder de mercado global até 2020.

Via IDC