galaxy-note-7-outdoor samsung

 

A manchete fala por si.

A maior fabricante de smartphones do mundo sofreu uma queda nos seus lucros de 30%, por conta dos problemas com o Galaxy Note 7.  É um pesadelo para a Samsung, que não é uma surpresa, já que as primeiras estimativas revelavam isso.

Em números: o lucro operacional caiu de US$ 6.4 bilhões para US$ 4.6 bilhões. Este é o valor mais baixo obtido nos últimos dois anos. Dentro da divisão móvel, a queda nos lucros foi de assustadores 96% em um ano.

Mesmo assim, a divisão mobile segue gerando lucros de US$ 87 milhões, mas este é o número mais baixo obtido pelo segmento desde o final de 2008 (quando os smartphones ainda eram projetos futuristas). O processo de devolução do Note 7 custou para a Samsung milhares de milhões, e se somarmos a isso a queda nas ações e os danos à marca, é mais que evidente que os números chegarão a valores completamente desconhecidos.

Mas a sorte que a Samsung tem é que o seu negócio se sustenta por várias bases. O negócio de chips e tela seguem como essenciais, tanto para os dispositivos como para os produtos da concorrência.

O comunicado termina confirmando que a Samsung segue trabalhando em expandir as vendas dos seus novos produtos principais, além de trabalhar em recuperar a confiança dos consumidores. A empresa admite publicamente que o sucesso do Note chegou a fatigar a níveis inesperados.

 

Via BBCSamsung