Samsung

A Samsung apresentou os seus resultados financeiros do último trimestre. Por um lado, registrou queda nos lucros das vendas de smartphones e tablets. Por outro, um grande aumento nos lucros da divisão de semicondutores e telas para TVs.

A Samsung registrou uma queda de 39% nos lucros líquidos comparados com o mesmo período de 2014, com US$ 4.350 bilhões. A queda nas vendas de smartphones é a principal responsável por esse desempenho. Porém, o lucro operacional (US$ 5.6 bilhões) foi muito superior ao do trimestre anterior, o que indica que a Samsung está recuperando terreno e, de fato, superou de novo a Apple na venda global de smartphones.

Além disso, a empresa espera uma recuperação no segundo trimestre com os novos Galaxy S6, a renovação dos demais modelos do seu catálogo e as mudanças estruturais da divisão.

Muito além dos smartphones, uma atenção especial é dada aos lucros da divisão de semicondutores. É uma mostra do que o futuro reserva para a Samsung, que vende chips para a Apple e outros fabricantes, sendo uma grande adversária da Qualcomm nesse aspecto.

O segredo está no processo de fabricação de chips em 14 nanômetros e os investimentos da Samsung nas suas fábricas. A tecnologia só se equipara com os chips Intel Broadwell, e é muito superior ao que usa hoje a TSMC, fabricante dos chips da Qualcomm.

A Samsung também registrou um ganho importante na divisão de telas para TVs, por conta da crescente demanda dos modelos com resolução 4K.

Via Samsung