Diz o velho ditado: “quem tem… tem medo”. A Samsung confirmou nessa terça-feira (28) que já se prepara para modificar os seus smartphones, caso eles não obtenham sucesso na sua luta contra a Apple nos tribunais. O cenário é considerado pela fabricante sul-coreana como “a solução extrema”, e seria a medida necessária para evitar que seus produtos sejam banidos do mercado norte-americano.

Depois da vitória da Apple no tribunal da Califórnia, a empresa de Cupertino fez uma requisição inicial junto à Corte do Distrito de San Jose, com o objetivo de excluir oito modelos de smartphones da Samsung, incluindo o Galaxy S II. Nos planos da Samsung, eles pretendem recorrer da decisão do júri da Califórnia e, ao mesmo tempo, tentar impedir que essa solicitação tenha efeito prático no mercado norte-americano.

Porém, se a Samsung não tiver sucesso nessas duas frentes, eles confirmam que vão utilizar do recurso de modificar os dispositivos, para assim evitar a sua saída em um dos mais importantes mercados mundiais. Um porta-voz da empresa disse: “nós faremos o que for necessário para disponibilizar nossos produtos no mercado dos Estados Unidos”. A declaração feita ao jornal The Wall Street Journal deixa transparecer que, a essa altura dos acontecimentos, nem mesmo a Samsung acredita direito na possibilidade de reverter o resultado nos tribunais.

Como já disse no final da semana passada, as chances da Samsung estão na Suprema Corte dos Estados Unidos. E olhe lá.

Via The Wall Street Journal