O Samsung Galaxy Tab 10.1 (ou Galaxy Tab 2) foi reapresentado na CTIA 2011, que acontece nesta semana em Orlando, Flórida, e vem remodelado para competir com o iPad 2. Com uma mudança inesperada de design e preços que causaram um certo reboliço entre os presentes na coletiva de imprensa, a Samsung começou a sua apresentação no evento anunciando um “novo e melhorado” Galaxy Tab 10.1, sendo que suas principais mudanças estão na sua espessura, que passa de 10,9 mm para incríveis 8,6 mm, se colocando como o mais fino entre aqueles que compõem o grupo de grandes concorrentes do mercado de tablets (iPad 2, Motorola Xoom, BlackBerry Playbook, etc). Seu peso também é menor, com 595 gramas.

Além disso, eles adicionaram conectividade LTE e WiMax (antes o tablet só contava com tecnologia 3G) e um dual WiFi (2,4 e 5 GHz). Em compensação, a câmera traseira passou de 8 para 3 MP, mas convenhamos, poucos dão importância de ter uma boa câmera em um tablet. O sistema operacional continua sendo o Android Honeycomb, mas dessa vez com a interface TouchWiz UX (ou TouchWiz 4) da Samsung, que permite que o usuário possa modificar o tamanho dos widgets e outros detalhes da interface.

Sobre preços e data de lançamento: a Samsung anunciou que o tablet chega ao mercado internacional em 8 de junho, com um preço de US$ 499 e US$ 599, para os modelos WiFi de 16 GB e 32 GB, respectivamente (ou seja, os mesmos preços do iPad 2), além de vários acessórios, como um case que também serve de estante de apoio para o tablet, um dock com subwoofer de gel integrados e um kit de conectividade USB/SD.

E aí? O que você achou do novo Samsung Galaxy Tab 10.1?

via Engadget