samsung-galaxy-s6-edge-android511

De acordo com a Bloomberg, a Samsung estaria planejando uma redução total de 10% do seu grupo de funcionários dos escritórios centrais, que no final de junho alcançava a marca de 99 mil trabalhadores. As demissões afetariam os departamentos de recursos humanos, finanças e relações públicas.

A manobra seria adotada para contrabalancear o dano causado pela agressiva concorrência dos últimos meses, principalmente a Apple nos modelos top de linha (atuando agora em duas frentes, com a aparição do iPhone 6 Plus) e os cada vez mais fortes fabricantes chineses nas linhas média e de entrada.

A mesma Bloomberg revela que, desde o mês de abril, a Samsung viu o seu valor de mercado reduzido em US$ 44 bilhões. O valor das ações também despencaram no mês passado, sendo a maior queda desde dezembro de 1983.

Além desse dano causado pela concorrência, as previsões de vendas dos últimos modelos top de linha (Galaxy S6 e Galaxy S6 Edge) não se cumpriram, assim como seus resultados financeiros. O resultado disso é a redução do grupo de funcionários em 10%, como forma de reduzir gastos. Uma medida que, somado com outras (a redução de lançamentos, algo que não é bem assim…), pode resolver a situação em médio prazo.

Vamos esperar.

Via Bloomberg