Samsung-Exynos

A Samsung fez um ótimo trabalho com o processador Exynos 7420, a ponto do chip ser o protagonista do mercado até o anúncio dos chips Snapdragon 820 e Exynos 8890. Isso fez dos coreanos o quarto maior fabricante de SoCs.

O papel da empresa é muito importante pela inclusão de chips entre os modelos top de linha, como o Meizu Pro 5, além de ajudar no desempenho de outras variantes orientadas para as linhas média e baixa. Ao longo de 2015, o toal de chips Exynos subiu para 50 milhões de unidades, ou 15% do total de smartphones fabricados pela Samsung no mesmo período.

A Qualcomm lidera o ranking, e sua linha Snapdragon é responsável por 42% do mercado, com uma boa vantagem para os seus adversários. A Apple ficou em segundo, com 21%, impulsionado pelos iPhones e iPads. Na terceira posição, a sempre interessante MediaTek com 19% de mercado, com os chips Helio P10 e Helio P20 ajudando no seu crescimento. E a quinta posição é da Spreadtrum, uma desconhecida para muitos, mas que tem o seu espaço no mercado de mobilidade.

Não podemos negar que esse avanço da Samsung é merecido, já que os coreanos fizeram um bom trabalho com os seus chips Exynos. Tudo leva a crer que isso pode voltar a se repetir esse ano, mas ainda falta muito para eles superarem a MediaTek.

Via GSMArena