Publicamos ontem (21) a informação sobre o rumor que indicava que a Samsung poderia relançar o Galaxy Note 7 com uma bateria de menores dimensões e capacidade nos mercados emergentes. Bom, a própria Samsung se apressou em desmentir essa informação.

Um porta-voz da Samsung Índia esclarece que “a matéria que informa que a Samsung planeja vender o Galaxy Note 7 recondicionado na Índia está incorreta”.

A informação que circulava indica que, depois de usar 20 mil unidades em testes, a Samsung ainda contava com 2.5 milhões de smartphones que tiveram sua carcaça substituída, além de receberem uma bateria menor.

Esses modelos não seriam vendidos nos Estados Unidos ou na Europa, mas sim em países como Índia e Indonésia.

Enfim, agora é a própria Samsung que informa que o Galaxy Note 7 não vai ressuscitar.

Aceita que dói menos.

 

Via Mashable