650_1000_650_1000_samsung-galaxy-note-edge

Já era de se esperar. O Samsung Galaxy Note Edge, como modelo com proposta de design diferenciado e maior custo de produção, será produzido em menor quantidade. Agora, uma coletiva de imprensa realizada na Coreia do Sul para falar desse modelo e do novo Galaxy Note 4 (que estará disponível em 140 países em outubro) confirma que o modelo com tela curva é um “conceito limitado” na sua distribuição comercial.

Ou seja, o Galaxy Note Edge terá um número de unidades consideravelmente menor do que o habitual. O mesmo aconteceu com o Galaxy Round. As datas de comercialização também serão diferentes em relação ao Note 4, só chegando em alguns mercados selecionados no começo de 2015. A produção do produto não é algo tão simples quanto parece,  e estima-se que serão fabricados apenas um milhão de unidades do Galaxy Note Edge em 2014.

É uma quantidade considerável, mas significativamente menor se comparado com as 11 milhões de unidades estimadas de produção do Galaxy Note 4 para o mesmo período.

Via SamMobile