samsunggalaxygear

A Strategy Analytics publicou um dos primeiros relatórios sobre o emergente mercado de smartwatches. De forma até interessante – porém, muito previsível -, a Samsung largou na frente, dominando esse mercado no seu começo.

Os dados são relativos ao primeiro trimestre de 2014, e nesse período, a Samsung vendeu 700 mil unidades dos seus relógios inteligentes ao redor do planeta. Com isso, a empresa possui uma cota de mercado de 71%, porcentagem que já deve deixar a concorrência em sinal de alerta, ainda mais se considerarmos em perspectiva o que acontece no mercado dos smartphones.

Durante todo o ano de 2013, a mesma Samsung contava com uma cota de mercado de 52%, com 1 milhão de unidades vendidas (dados da mesma Strategy Analytics). Com todo o ano de 2014 que ainda resta, não será surpresa alguma se essas vendas dobrarem, e a perspectiva de crescimento do mercado pode fazer com que esses números sejam muito maiores nos próximos anos.

Os analistas acreditam que o lançamento dos novos modelos da Samsung estão se favorecendo com a campanha conjunta que é feita com o Note 3 e o Galaxy S5. A partir do terceiro trimestre de 2014, com a chegada dos smartwatches do Android Wear (e, quem sabe, com o modelo da Apple), os comparativos poderão ser mais interessantes.

Sony e Pebble bem longe

sony-smartwatches

Falando da concorrência, as marcas que tentam competir com a Samsung nesse segmento são bem conhecidas: Sony e Pebble. Os japoneses são uma das gigantes da tecnologia que tentaram conquistar primeiro esse mercado, mas conseguiram vendas pouco expressivas. Para ser mais claro: a Sony vendeu a mesma quantidade de unidades da Pebble no primeiro trimestre de 2014, ou seja, 80 mil unidades cada uma, com 11.4% de cota de mercado cada.

Fechando a lista com nomes importantes, temos a Motorola e a Qualcomm, ambas com 1.4% do mercado, ou 10 mil unidades vendidas cada durante o primeiro trimestre de 2014.

 

Via Strategy Analytics