xidc-smartphones-q2-2013-1.jpg.pagespeed.ic.iK77f7ZYyU

Podemos dizer que os últimos relatórios sobre o mercado global de telefonia móvel são, no mínimo, interessantes. Essas análises são apresentadas por algumas das empresas mais importantes do mundo nesse segmento (IDC e Strategy Analytics), e mostram o panorama de distribuição de forças no período compreendido entre os meses de abril e junho de 2013.

No segundo trimestre de 2013, o volume de vendas de smartphones voltou a superar as vendas dos celulares convencionais (assim como aconteceu no primeiro trimestre do ano). Segundo a Strategy Analytics, foram vendidos 237.9 milhões de smartphones entre abril e junho, o que é considerado um recorde no setor.

Já a IDC mostra como está o volume de vendas entre os fabricantes de smartphones, e revela que a Samsung distribuiu um total de 72.4 milhões de smartphones no segundo trimestre de 2013. Esse número reflete um aumento de 43.9% para a fabricante sul-coreana em relação aos números do mesmo período de 2012. O principal responsável por esse aumento foi o Galaxy S4, que por consequência fez com que o preço do Galaxy S3 fosse reduzido nos principais mercados onde a Samsung está presente.

Essa manobra fez com que a Samsung distribuísse mais que o dobro de unidades de smartphones que a sua principal rival, a Apple (31.2 milhões de iPhones). Aliás, os resultados do segundo trimestre de 2013 apresentam a pior cota de mercado da Apple em três anos (desde 2010), segundo informa a Strategy Analytics.

O ranking dos cinco primeiros colocados entre os fabricantes se completa com a LG na terceira posição (mais um trimestre que os asiáticos se posicionam assim), a Lenovo, na quarta posição (tomando essa posição da Huawei, uma vez que conseguiu distribuir 11.3 milhões de unidades no período) e da ZTE, na quinta posição (repetindo o resultado do primeiro trimestre de 2013).

E sim… a Nokia mais uma vez não conseguiu ficar entre as cinco primeiras colocadas…

Via IDC
Via Strategy Analytics