tizen-samsung-z

A Samsung emitiu um comunicado informando que o lançamento do Galaxy Z, o seu primeiro smartphone com o sistema operacional Tizen, foi adiado “por tempo indeterminado”.

Na verdade, coreanos informam que esse adiamento do lançamento do Galaxy Z na Rússia tem como objetivo “melhorar ainda mais o ecossistema Tizen”, o que levantam sérias dúvidas se algum dia veremos esse dispositivo e outros baseados nessa plataforma. A próxima janela de lançamento do Galaxy Z é para “até o final de 2014”.

Vale lembrar que a Samsung é a principal fabricante de dispositivos Android do mercado, mas a compra da Motorola por parte da Google fez com que os seus olhos se voltassem para outras plataformas. O Tizen parecia a opção adequada, mas a venda da Motorola para Lenovo e um recente acordo envolvendo Samsung e Google fizeram com que um plano B nos sistemas móveis fosse algo dispensável para os donos da linha Galaxy.

O Galaxy Z dava sinais que seria o primeiro representante do Tizen no mundo dos smartphones, mas esse hiato indefinido do seu lançamento nos leva a questionar se algum dia ele chegará ao mercado. Sem falar que o Tizen não conquista o interesse dos desenvolvedores e usuários.

Via ZDNet