samsung-gear-2-neo

A Samsung não vai cometer com os novos smartwatches Gear o mesmo erro do Galaxy Gear original, e decidiu começar do zero com o Tizen. Os coreanos já lançaram o SDK das suas pulseiras e relógios Gear, convidando os desenvolvedores a criar aplicativos, enriquecendo assim o ecossistema dos acessórios.

Outro pilar da estratégia de quantificação e cuidados da saúde dos dispositivos é o S Health, e a Samsung também abriu o aplicativo para que apps de terceiros possam trabalhar com a plataforma. Eles informam que os dados relacionados com a saúde do usuário serão elementos considerados chave no uso do smartphone em um futuro muito próximo, com mais de 30% dos usuários recorrendo aos aplicativos de saúde e exercícios em seus smartphones hoje.

Lembrando: o Samsung Galaxy S5 chega ao mercado em 11 de abril, com o seu SDK disponível, para que os desenvolvedores aproveitem os recursos novos, como o leitor de digitais ou o modo multi-tela.

Via Samsung