O mundo é cíclico. Nessa vida, tudo passa. As coisas e pessoas entram e saem da nossa vida com muita velocidade. No mundo da internet então… é mais rápido do que eu e você pensamos. Dito isso, saiba que, de forma bem silenciosa, e quase que na calada da noite, o Pinterest adicionou o seu suporte ao Twitter Cards, permitindo assim que os usuários da rede social de Biz Stone vejam os previews das imagens publicadas no serviço. Exatamente da mesma forma que o Instagram fazia.

A nova funcionalidade pode ser vista em qualquer link do Pinterest que estiver anexado em um post do Twitter, convertendo esse link em um preview de imagem, tal como você já fazia antes com o Instagram. Isso reforça a teoria que todos já perceberam: a briga do Twitter é mesmo com o Facebook, que é dona do Instagram, e a medida de hoje deixa isso mais que evidente.

O argumento do Instagram para criticar os Twitter Cards era que o recurso era pouco compreendido pelos usuários, além de exibir imagens de forma mais pobre do que as imagens publicadas em seu próprio site. Por outro lado, a leitura dessa afirmação pode ser feita de outra maneira: com o Twitter exibindo os previews das imagens do Instagram, o tráfego da rede social de fotos era consideravelmente menor, e no final das contas, o número de pageviews sempre contam para as estatísticas gerais de qualquer serviço, principalmente na hora de fechar parcerias e capitalizar em cima de seus dados.

O Instagram começou a criticar o Twitter Cards (de forma “curiosa” – entendam a ironia nas “aspas”) logo depois de lançar o recurso de perfis online do Instagram, onde todos os seus usuários passam a ter uma página web de seu histórico de fotos. O objetivo do Instagram com essa manobra é transferir o seu foco (e a atenção dos internautas) do mundo mobile para o universo do desktop, além de atrair um novo público: aquele que ainda não usa o Instagram, independente do motivo).

A motivação para o Pinterest adotar o Twitter Cards ainda é desconhecida. A empresa ainda não fez nenhum anúncio oficial sobre a nova funcionalidade, que foi simplesmente identificada pelos usuários do serviço. Ao clicar no preview da imagem, o usuário é direcionado para o post original, e lá, o internauta tem a opção de seguir a conta do Pinterest no Twitter.

De qualquer forma, é mais um fator que pode turbinar o volume de acessos ao Pinterest, que registra um rápido crescimento a cada mês, além de expandir a sua capacidade de capitalizar em cima do volume (novo) de internautas, que passam a acessar o serviço.

Via Digital Trends, SlashGear