cobertura-sinal-celular-ned-flanders-left-power

Em via de regra, a antena de rede celular fica oculta no smartphone, revestida com um material que não interfere na qualidade do sinal. É algo complexo, que pode ter como interferência inclusive o fato do ser humano ser condutor de eletricidade, ou se ele é destro ou canhoto.

Ou você já se esqueceu do “você está segurando o iPhone 4 da maneira errada” (de Steve Jobs), durante o Antennagate?

 

O agarre faz toda a diferença

 

mulher-segurando-smartphone

 

Ser destro ou canhoto afeta muitos aspectos de nossa vida, inclusive a posição da mão quando seguramos o smartphone. E um estudo realizado pela Quartz mostra como isso resulta em uma maior ou menor qualidade na cobertura do sinal móvel.

O fato do ser humano ser condutor de eletricidade e a posição como seguramos um smartphone (entrando em contato com seus materiais) afetam de forma direta na cobertura do sinal. É simples: quando seguramos a antena de um rádio, a cobertura é alterada.

Porém, no caso do rádio, a tendência é que a potência do sinal aumenta, e no caso do smartphone, dependendo do modelo, ela pode cair.

Poucos pensaram nos efeitos diretos da nossa mão no funcionamento do smartphone. Da mesma forma que vemos isso afetar no uso do teclado ou do leitor de digitais, a cobertura altera para destros e canhotos.

 

potencia-de-sinal-modelos

 

A tabela acima mostra testes realizados em igualdade de condições, com vários dos smartphones mais utilizados nos últimos anos.

O Galaxy S7 Edge, por exemplo, tem uma diferença de sinal discreta com a alternância das mãos, e o iPhone 6s Plus tem uma piora radical de cobertura quando segurado com a mão esquerda. Ou seja, os canhotos “são os culpados” por uma má qualidade na cobertura do sinal do iPhone.

Enquanto alguns fabricantes como a Alcatel oferecem a possibilidade de inverter completamente o smartphone (inclusive a interface de uso), outros culpam os usuários, que não se adotaram aos ses designs.

A mão influi mais do que imaginamos. Será que veremos o dia que será necessário desenvolver smartphones para canhotos?

Espero que jamais chegue a esse ponto.

Via QZ