google-foto

Em outubro de 2015, Sanmay Ved, um ex-funcionário da Google, se tornou por poucos minutos dono do domínio mais poderoso do mundo, o Google.com.

Ved teve a sorte (e a picardia) de comprar o endereço no Google Domains, uma vez que o mesmo misteriosamente ficou disponível para compra por ridículos US$ 12. A transação foi cancelada, e o dinheiro foi devolvido para Ved, com a Google admitindo o erro. Porém, alguns veículos publicaram dias depois que a história não foi bem assim: a Google teve que pagar para ter o domínio de volta.

Hoje, a própria Google reconhece o valor pago para Sanmay Ved, que até chegou a admitir depois que tinha recebido “mais de US$ 10 mil”. Porém, o Google Security Rewards – 2015 Year in Review (relatório publicado pela gigante de Mountain View) mostra que eles pagaram pelo Google.com um valor inicial de US$ 6.000.13. Porém, ao comprovar que Ved ia doar o dinheiro recebido para uma instituição de caridade, a própria Google decidiu dobrar o pagamento, pagando assim US$ 12.012.26.

Aliás, o valor de US$ 6.006.13 não é mera coincidência: os números representam as letras da palavra G.OOG.LE. Engenhoso, não?

Via The Next WebGoogle Online SecurityGoogle Online Security