suposto-iphone-barato

Duas coisas podem ser consideradas verdades absolutas quando falamos dos gadgets chineses:

1) não é de se estranhar que as empresas “alternativas” (para não chamar de piratas) de Shenzhen consigam fazer as cópias dos produtos antes mesmo dos fabricantes originais (e não seria a primeira vez que isso aconteceria);

2) essas empresas baseiam suas atividades econômicas na arte da enganação e da mentira.

Logo, antes que você comece a dizer qualquer besteira sobre a veracidade da imagem acima (ou sobre nossa linha editorial), devemos lembrar que essa imagem está com os dois pés afundados na zona dos rumores, sem nenhuma base para ter algum ponto de veracidade. Pelo sim, pelo não, a fonte fornecedora dessa imagem garante estamos diante o design do suposto iPhone de baixo custo, que deve ser anunciado no terceiro trimestre de 2013.

O pessoal do site M.I.C Gadget revela que fontes muito próximas ao assunto (e esse talvez seja o único motivo pelo qual esse post existe) conseguiram uma dessas carcaças vazias, que andaram circulando por alguns sites chineses há semanas, que até mostram alguns detalhes do interior do suposto smartphone.

Ao que parece, o primeiro iPhone “barato” (sabe-se lá o que a Apple considera o que quer dizer a palavra “barato”) faria uso de uma tela de 4 polegadas, protegida por uma carcaça externa de plástico resistente, descrito como “nada barato ao toque, e mais sólido do que aquele utilizado pela Samsung em sua linha Galaxy”.

Na prática, estamos diante do “nada que a gente já não viu antes”, mas agora em fotos mais nítidas.

Por outro lado, baseando-se nessas carcaças, uma empresa chamada “Bear” criou a sua própria imitação do dispositivo com o sistema Android, integrando um processador Snapdragon 600 e 2 GB de RAM. Não é um produto legítimo? Pois é tão legítimo quanto a suposta carcaça do iPhone em questão.

Via