Como você bem sabe, nenhum dos smartphones com Windows Phone 7.5 poderão ser atualizados para o Windows Phone 8, se limitando ao Windows Phone 7.8. E isso causou uma grande decepção em muitos usuários. Mas aqueles que ficaram mais decepcionados foram, sem sombra de dúvidas, os proprietários dos telefones da linha Lumia, da Nokia. E motivos não faltam.

Primeiro, eles são parceiros da Microsoft no negócio, mas estão relegados a seguir a mesmo destino dos demais fabricantes. Segundo, deixaram para lançar os seus telefones com Windows Phone depois que os concorrentes, encurtando a “vida útil” (em termos de atualização) dos mesmos. Terceiro, e o mais grave: lançou um telefone com especificações incríveis (Lumia 900), mas o modelo já está condenado a ficar para trás, pois não vai receber o WinPho8. Pior: no nosso caso em específico (os brasileiros), receberemos o smartphone defasado mesmo (o modelo deve ser apresentado no Brasil na semana que vem, junto com o Nokia 808 PureView… aquela câmera de 41 megapixels, que conta com a participação especial de um celular, e gerenciado pelo Nokia Belle, sabe?).

Mas isso pode mudar. Até a Nokia sabe que, para consertar o estrago feito, nada melhor do que um novo smartphone, com o sistema operacional atualizado (apesar de que, na minha opinião, isso significa perder dinheiro). E rumores sobre um novo evento de lançamento podem indicar a chegada do primeiro Nokia Lumia com Windows Phone 8.

Na verdade, uma imagem vale mais do que vários rumores escritos por aí.

O cartaz que você vê acima está posicionado em frente à principal loja da Nokia em Helsinque, Finlândia, e faz alusão a “algo incrível chegará em 7 de setembro”. O cartaz não deixa claro o que exatamente está acontecendo, mas se é realmente incrível, tem que ser o acontecimento “vamos passar a rasteira em todos os outros dessa vez, e apresentar o nosso smartphone com WinPho8 antes de todos”.

Vale lembrar que, durante o evento Windows Phone Summit, o terminal que a Microsoft utilizou durante toda a apresentação foi um protótipo da Nokia. E pelo desempenho tão bom, está bem claro que, neste momento, a empresa está em uma etapa mais que avançada do seu desenvolvimento. Por outro lado, isso também não quer dizer grande coisa, uma vez que Nokia e Microsoft são “parceiras próximas” nesse negócio.

O “incrível” também pode estar ligado à potência do dispositivo, ou efetivamente ao seu tamanho. O Windows Phone 8 está devidamente preparado para trabalhar com telas de maior tamanho e processadores a partir de dois núcleos, o que quer dizer que o marketing já pode ser preparado para estas especificações. Outro detalhe importante é que esse cartaz de Helsinque define uma data que é exatamente um dia depois do Nokia World (5 e 6 de setembro).

Nada está garantido, mas se a Nokia for esperta (é mais uma torcida do que uma constatação, baseado nos últimos acontecimentos), eles apresentam no Nokia World esses smartphones já com Windows Phone 8. Não dá para afirmar que esses novos produtos já estarão nas lojas finlandesas no dia seguinte após o Nokia World. Além disso, não podemos esquecer os rumores do passado, sobre as intensões da empresa em lançar um tablet. Seria este o momento? Honestamente, não sei.

Só tenho certeza de uma coisa: a essa altura do campeonato, qualquer coisa que não seja um lançamento com o Windows Phone 8 será mais um grande atestado obsolescência mercadológica (para usar um termo polido) dos executivos da Nokia.

Via My Nokia Blog