650_1000_flappy-bird

Flappy Bird, game para iOS e Android, é uma das novas febres entre os usuários de dispositivos móveis. São mais de 50 milhões de downloads, 60 mil avaliações e US$ 50 mil de lucros diários em publicidade. Porém, o jogo pode simplesmente desaparecer na manhã de amanhã, domingo, 9 de fevereiro.

Quem garante que isso vai acontecer é o próprio criador do game, Dong Nguyen. O recado é claro: o jogo será deletado das diferentes lojas de aplicativos onde o mesmo está disponível.

Palavras de Dong Nguyen:

Sinto muito, usuários do Flappy Bird: às 22 horas, removerei o Flappy Bird. Eu não aguento mais.

O anúncio foi feito em uma série de tweets, que não revela maiores informações sobre a decisão. A única coisa que as mensagens revelam é que Dong estaria “farto” com a repercussão que o jogo teve.

650_1000_flappy-bird

Ao que tudo indica, não parece ser uma estratégia de marketing de Dong, mas sim, uma reação mais furiosa em relação a algumas críticas e acusações que ele está recebendo pelas semelhanças do seu jogo com outros jogos (principalmente com Mario Bros em alguns gráficos). Nguyen garante que ele não tem nenhum tipo de problema legal na decisão, e que não pretende vender o seu jogo para terceiros interessados.

Mas… será que ele teria motivos suficientemente fortes para simplesmente renunciar aos US$ 50 mil diários que ele afirma estar ganhando? Tudo bem, em várias oportunidades ele alegou o cansaço e pediu para que a imprensa o deixasse em paz. Mesmo assim…

Pode ser que tais declarações sejam apenas frutos do calor do momento, e que ele se arrependa antes de chegar ao horário limite (15h, horário de verão de Brasília). Por conta disso, encaramos a declaração de Dong como um rumor a ser confirmado.

De qualquer forma, teremos que esperar até amanhã para saber se é puro marketing, ou o fim de uma das febres entre os gamers de dispositivos móveis. Pelo sim, pelo não…

ATUALIZADO em 09/02/2014 @ 16h15: o aplicativo Flappy Bird foi removido das lojas do iOS e do Android. Clique aqui para ler.

Via @dongatory