google-play-800

Os rumores sobre a chegada da Google no mundo dos videogames são cada vez mais frequentes. Primeiro, apareceram algumas informações em aplicativos do Android desenvolvidos pela gigante de buscas online. Agora, as primeiras referências sobre uma Google Game Center (ou Google Playground) aparecem a poucos dias do início da Google I/O 2013, evento voltado para desenvolvedores do Android, e uma das plataformas de lançamentos anuais da empresa.

Uma Game Center é algo que interessa a muitos dos usuários do Android. Primeiro, por ser algo que já está presente nas plataformas concorrentes. Segundo, porque através dessa área de jogos, será possível compartilhar recordes e progressos dos games que jogamos com nossos amigos, ou até mesmo jogar online com eles, com suporte ao chat. Tudo isso aconteceria a partir de um único lugar, desenvolvido especialmente para satisfazer as necessidades dos gamers de dispositivos móveis.

Os rumores sobre isso ganham força a partir do momento que fontes especializadas no mundo Android receberam um convite bem peculiar, que diz com todas as letras: “Let’s Play Together”.

google-game-invite

A imagem acima não faz nenhum tipo de anúncio oficial sobre qualquer novo produto u serviço, porém, não deixa de ser curioso que a Google convide a imprensa para um evento específico sobre entretenimento, logo no primeiro dia da Google I/O 2013. Mais: com a promessa da empresa de “reinventar” a maneira como as pessoas jogam em seus dispositivos.

Por outro lado, a imagem do convite faz referências à cultura gamer, utilizando alguns androids redesenhados no estilo Space Invaders. A deixa está dada. É esperar para ver.

Além de um Game Center?

Em vias de regra, a Google vai sempre um passo além do que esperamos em seus lançamentos. O Google Glass é um ótimo exemplo do que eu estou falando. Logo, não é nenhum absurdo apostar no lançamento de um console de videogames, baseado no sistema Android, e utilizando todo o poder da Google Play e do novo Game Center.

Ao longo de sua história, a Google já mostrou que gostam de apostar em toda e qualquer possibilidade de expandir a usabilidade do Android em diferentes segmentos. E levando em consideração o sucesso de projetos como o OUYA (console Android que chega ao mercado no meio de 2013, totalmente financiado por crowdfunding), a aposta até que faz algum sentido. Ainda mais depois do fiasco do Nexus Q, que ninguém entendeu direito a sua real finalidade.

Fato é que a contagem regressiva está terminando, e os dias que anteciparão a Google I/O 2013 prometem ser muito interessantes.

Via Gizmologia