iphone-5c-2013

Ao que parece, o iPhone 5c não foi tão bem recebido quanto a Apple esperava, principalmente pelos chineses (e olha que a gente avisou que esse smartphone estava caro demais – US$ 730). O modelo que foi lançado para conquistar os mercados emergentes parece não vingar, e os últimos rumores são um forte indício disso.

Vale lembrar que o tal iPhone 5c da China, que custa US$ 730, é mais caro que o iPhone 5s nos EUA, que custa US$ 649 (e mais caro do que em muitos mercados ao redor do planeta). O preço é tão elevado, que os consumidores chineses estão optando em adquirir o iPhone 5s logo de cara, que é mais completo, e apenas US$ 130 mais caro que o iPhone “made in Família Restart”.

Mas vamos ao rumor. Segundo uma fonte confiável do site chinês CTecnCN, a Apple teria reduzido a encomenda de produção do iPhone 5c de 300 mil para 150 mil unidades por dia. Nada menos que uma queda de 50% na produção, o que sugere que as vendas do produto não correspondem às expectativas de Tim Cook e seus amigos.

Também é informado que a demanda do iPhone 5c no mercado cinza chinês não é tão elevada quanto esperado. Como reflexo disso, muitas lojas estão vendendo o dispositivo por um preço muito abaixo do sugerido pela Apple. Vários blogs chineses de tecnologia informam que os usuários que compram o iPhone 5c de forma alternativa com valores entre 3.000 e 3.300 yuan (o preço sugerido é de 4.488 yuan). Alguns até afirmam que conseguiram comprar o produto por 2.600 yuan, quase a metade do valor de tabela da Apple.

Apesar da Apple ter informado a marca recorde de 9 milhões de unidades vendidas (combinadas) dos novos iPhones no primeiro final de semana de vendas, nunca foi revelado qual foi a proporção de vendas de cada versão. É esperado que a Apple revele essa informação no anúncio do relatório financeiro do trimestre, previsto para o dia 28 de outubro. Só aí vamos saber o quão mal vai o iPhone 5c nas vendas.

Via Unwired View