Ainda que custe a acreditar, apenas um aplicativo móvel de sucesso pode mudar a vida de muitos desenvolvedores. A Rovio, que está por trás da série de jogos Angry Birds, compartilhou ontem (07/05) com o mundo o seu balancete financeiro em 2011, o que prova a minha teoria.

A empresa teve um total de US$ 106,3 milhões de entradas, dos quais US$ 67,6 milhões são de lucros (sem dedução de impostos). No mesmo período, a empresa cresceu oito vezes o seu tamanho inicial, passando de 28 empregados para 224. A informação sobre o funcionamento da empresa indica que os jogos Angry Birds, Angry Birds Seasons e Angry Birds Rio registram um número de downloads totais de 648 milhões, e hoje, aproximadamente 200 milhões de pessoas jogam esses jogos todos os dias. A venda de produtos relacionados à marca gerou um total de 30% dos lucros anuais da empresa.

Segundo as previsões da Rovio, a única coisa que poderia evitar que os lucros continuem nessa quantidade de dinheiro é que todas as pessoas do planeta Terra deixem que comprar smartphones e celulares nesse exato momento. E particularmente, duvido que isso vai acontecer algum dia.

Via Rovio