Os presságios mais temerosos se realizaram, e em dose dupla. Pouco depois que eram ventilados rumores sobre a demissão de J Allard como Chefe de Tecnologia da Divisão de Entretenimento e Dispositivos da Microsoft, Robbie Bach, seu presidente e parceiro de Allard do Xbox, abandonou a empresa dentro de uma restruturação da parte executiva, destinada a dar mais poderes a Steve Ballmer em suas atividades na Microsoft relacionadas aos produtos de consumo.

A TechFlash teve a chance de falar com os dois executivos, e afirma que Allard não está deixando a empresa por causa do cancelamento do Courier, e também não pensa em trabalhar na Apple, Google ou em qualquer outro rival da Microsoft. Depois de 19 anos de empresa, ele quer dedicar mais tempo aos seus interesses pessoais. E com duas décadas recebendo um salário polpudo da Microsoft, ele tem tempo de sobra pra pensar nisso.

Já Robbie Bach teve sua demissão anunciada por Ballmer, que informou os seus funcionários mediante memorando, informando que sua decisão também foi voluntária. Como Allard, Bach é outro veterano que praticamente se criou dentro da Microsoft (22 anos), começando pelo Office antes de ir para o setor de entretenimento. Com a restruturação definida, Andy Lees, vice-presidente de comunicações móveis, e Don Mettrick, responsável pelo entretenimento interativo, responderão diretamente à Steve Ballmer.

Fonte