smartphones linha média

 

Seguimos revisando os melhores smartphones de 2016, agora com uma seleção de modelos de linha média.

Estabelecemos essa categoria com o processador como principal fator determinante, e entre eles encontramos os modelos MediaTek MT6753, Helio P10, P15, P20, Snapdragon 617, 625, 650 e 652 ou HiSilicon Kirin 650.

Além do processador, leavamos em conta outros aspectos como telas com resolução Full HD ou no mínimo 3 GB de RAM na maioria dos casos.

Vamos entrar em detalhes e colocar em perspectiva a linha média de 2016.

 

 

Os phablets mais completos e próximos dos tops de linha

 

 

Três dos phablets de linha média/alta mais interessantes de 2016 praticamente não contam com bordas nas lateais, tela AMOLED de seis polegadas, bateria de 4.000 mAh e processador Snapdragon 652/653.

O mais ponente desse grupo é o Samsung Galaxy A9 de 2016, com uma câmera potente com um preço reduzido. O Oppo R9S Plus também se destaca pela sua câmera frontal para selfies, e o ZTE Nubia Z11 Max também entra nesse grupo.

Reduzindo para a tela de 5.5 polegadas (QHD), temos o LG X Mach e o Alcatel Idol 4s, este último ainda contando com um óculos para realidade virtual, boa qualidade de som e autonomia de bateria destacada.

 

 

Um preview do que sera a linha média em 2017

 

 

No final de 2016, conhecemos vários modelos que integram os processadores que devem reinar como modelos de linha média padrão de 2017. Falamos principalmente do Snapdragon 625 e do MediaTek Helio P20, ficando um degrau abaixo dos primeiros modelos vistos nesse post.

Com Snapdragon, encontramos o Oppo R9S, que tem a memória mais vitaminada, ótimas especificações e entrega fotos de grande qualidade. O Moto Z Play se destaca pela sua resistência à água (IP52) e pela compatibilidade com os Moto Snaps, e o Huawei Nova Plus, possui uma autonomia de bateria prolongada.

 

 

Com MediaTek, encontramos duas referências chineas: o Meizu X, com sensor de digitais na parte frontal, e o Xiaomi Redmi Note 4, que tem o sensor na parte traseira, e processador mais alinhado aos tops de linha do ano passado.

 

 

Linha média padrão em 5.5 polegadas

 

 

Voltando a descer mais um degrau, nos deparamos com processadores de linha média que dominaram em 2016, como o Snapdragon 615/617 e principalmente o Huawei P10, conte encontramos o HTC Desire 10 Pro, que segue se sobressaindo dos demais por apostar na melhora de som dos seus alto-falantes BoomSound. Além disso, é o único modelo a contar com estabilizador ótico na câmera frontal.

Entre as marcas chinesas, o UMI Plus Extreme é o mais potente, o único com Android 7.0 Nougat de série e o único com sensor de digitais na parte frontal.

O Elephone P9000 foi um dos primeiros que quase removeu as bordas laterais. O Lenovo Moto M será o único com tela AMOLED, e o ASUS ZenFone 3 é o único com som SonicMaster, acabamentos de alta qualidade e estabilizador ótico na câmera traseira.

 

 

Já o Sony Xperoa XA Ultra conta com tela maior, o ZTE Nubia N1 com bateria de 5.000 mAh, e o Wileyfox Storm recebe o Cyanogen OS.

 

 

Para quem prefere smartphones mais manejáveis com uma mão

 

 

Agora, vamos ver os modelos que mais se aproximam das cinco polegadas de tela, com propostas como o BQ Aquaris X5 Plus, o mais potente desse grupo, com um processador Snapdragon 652, com desempenho similar ao Snapdragon 808 presente no OnePlus X do ano passado.
Outros modelos recebem destaque, mas com pouca diferença entre eles. Aqui, destacamos o Sony Xperia X, que entrega fotos muito boas e um cuidado de som admirável. O Xiaomi Redmi 4 Pro conta com uma grande bateria e preço mais ajustado, e o Huawei Nova, com bom atributos técnicos.

 

Já o ZTE Axon 7 mini se destaca pela qualidade dos seus alto-falantes. O BlackBerry DTEK50 pela sua camada extra de segurança. O Elephone S3 é um dos mais baratos, o Sony Xperia M5 possui resistência à água IP68 e o Microsoft Lumia 950, o único com Windows 10 e tela QHD.

 

 

Por fim, temos os modelos com especificações mais modestas, mas suficientes para o uso mais comuns, com marcas tradicionais com outros atrativos que não são o preço.

Por exemplo, o HTC One A9 conta com construção bem cuidada e aposta nos alto-falantes BoomSound. O Samsung Galaxy A5 (2016) também se destaca pelo design e elevado desempenho. O LG X Cam herda a câmera dual vista nos tops de linha. O Alcatel Idol 4 também possui alto-falante frontal duplo e acesso aos óculos VR, e o Huawei P9 Lite entrega uma excelente relação custo benefício.