Multilaser M10A

O tablet Multilaser M10A é o típico produto de entrada, pensado nos usuários com necessidades mais básicas e menos exigentes. Ou também para as crianças da casa, que não dependem de um produto com um hardware avançado para o consumo de conteúdo.

Muitos entendem que os tablets estão condenados no mercado de informática de consumo. Foram canibalizados pelos smartphones com telas de grandes dimensões e pelos notebooks híbridos, que oferecem melhor desempenho e maior produtividade.

Eu concordo com todos esses argumentos. Por outro lado, os tais grupos específicos de usuários podem ainda se interessar pelo produto para o consumo de conteúdo casual, e para isso não necessariamente precisamos de um dispositivo caro.

O produto da Multilaser se apresenta como uma dessas opções de baixo custo, sem falar que traz como diferencial contar com a função de telefone, realizando e recebendo chamadas de voz, recebendo e enviando SMSs e até permitindo o uso do WhatsApp no dispositivo.

O review a seguir tem como objetivo descobrir se o produto cumpre com esse básico proposto, principalmente nos aspectos de conectividade e consumo de multimídia em formato mais básico.

 

 

Review em Vídeo

 

 

 

Características Físicas

 

O Multilaser M10A é um tablet com tela de 10 polegadas, que passa uma boa sensação no uso. Passa a aparência de ser bem construído, sem partes móveis ou parafusos aparentes.

 

 

Talvez algumas pessoas vão considerar como ponto de ressalva a escolha da empresa em colocar os slot de chips SIM e microSD ao lado dos sensores de câmera e não em um slot interno no dispositivo. Mas devo aqui lembrar que esta não é uma escolha exclusiva da Multilaser: no passado, a Motorola adotou exatamente a mesma solução.

 

 

É um dispositivo com agarre agradável e confortável, o que é algo positivo para os usuários que pretendem utilizar o tablet para as tarefas mais básicas, como consumo de conteúdo em vídeo por muitas horas. O usuário não terá problemas nesse aspecto.

 

 

Mesmo sendo um tablet de baixo custo, a Multilaser fez um bom trabalho nos aspectos de construção do produto. É claro que seriam necessários testes mais prolongados para verificar a sua resistência, mas pelo menos no tempo em que testei o dispositivo, ele aparentou ser de uma qualidade pelo menos aceitável.

 

 

Tela

 

O Multilaser M10A possui uma tela de 10 polegadas, com resolução de 1280 x 800 pixels. É uma tela que oferece uma boa visualização dos elementos do Android, e uma interação minimamente agradável, algo fundamental para um dispositivo que quer oferecer uma boa experiência de uso.

 

 

O toque na tela é considerado preciso e sensível, e a reprodução de cores também está bem aceitável, dentro das características técnicas do produto. Ter a reprodução de conteúdos em alta definição é o mínimo que se pede de um dispositivo com as finalidades de reprodução multimídia.

 

 

De qualquer forma, a tela desse tablet da Multilaser pode não ser a melhor que você vai encontrar no mercado, mas ao menos não compromete ou incomoda em um uso prolongado. Mais uma vez, lembramos que estamos diante de um tablet de entrada, com necessidades básicas. Dentro desses aspectos, o dispositivo cumpre o que promete.

 

 

Hardware e Software

 

Aqui, temos os aspectos que mais colocam o Multilaser M10A em xeque.

O tablet conta com um processador MediaTek quad-core de 1.3 GHz, trabalhando com 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento. Para um tablet Android de entrada, é o mínimo que se pede e espera. Mas olhando para um uso a longo prazo, os usuários podem ter problemas, já que os softwares tendem a evoluir e consumir mais e mais recursos.

 

 

Mesmo assim, é um hardware que pode surpreender em alguns aspectos. Durante o período de testes, o dispositivo não apresentou problemas ou travamentos, chegando a rodar alguns aplicativos mais pesados, como jogos que eu particularmente não acreditava que poderiam rodar bem no dispositivo. Falo mais sobre isso mais adiante nesse review.

Porém, uma pedra no sapato desse produto é a presença do sistema operacional Android 6.0 Marshmallow.

Além de ser uma versão desatualizada do sistema operacional da Google, não há nenhuma perspectiva de atualização para o Android Nougat, o que deixa o dispositivo de fora das mais recentes atualizações de segurança e novas funcionalidades do software.

Como ponto positivo, a interface Android adotada pela Multilaser é a mais próxima possível do Android original, com a adição de alguns poucos aplicativos de terceiros que são parceiros da empresa nos seus produtos.

Isso pode ajudar a explicar os benefícios em alguns aspectos que o dispositivo oferece na sua experiência geral de uso.

 

 

Câmera

 

Outro aspecto que o Multilaser M10A deixa a desejar.

Tudo bem, eu sou um daqueles que entendem que um tablet não é o melhor dispositivo do mundo para registrar fotos e vídeos, e que a grande maioria dos tablets que já testei nunca foram exatamente um primor para as práticas fotográficas. Mas no caso do tablet da Multilaser, tais recursos constam em modo “pro forma”, ou apenas para constar que existem no dispositivo.

 

 

Aqui, as câmeras são relativamente úteis nas videochamadas, e não tanto para fotos e vídeos. As imagens capturadas por esses sensores ficam do razoável para baixo, que até servem para um compartilhamento mais casual para os amigos nas redes sociais. Mas nada além disso.

Ou seja, continue utilizando o seu smartphone para registrar fotos e vídeos. Definitivamente.

 

 

Bateria

 

O Multilaser M10A possui uma bateria de 5.000 mAh, o que é o suficiente para oferecer uma boa autonomia de bateria, levando em consideração que o usuário vai lidar com o dispositivo por aproximadamente uma hora por dia em média.

Obviamente, a autonomia de bateria pode variar com o perfil do uso. Aqueles usuários que ficam mais tempo rodando jogos ou reproduzindo vídeos contarão com uma autonomia de bateria consideravelmente menor do que aqueles que só fazem um acesso simples à internet, acesso às redes sociais, e-mails, entre outras tarefas simples.

Também é importante lembrar que o fato do tablet contar com conectividade nas redes telefônicas pode impactar sensivelmente na autonomia de bateria, uma vez que o dispositivo pode ficar buscando o sinal de telefonia em locais onde o sinal é de baixa qualidade e/ou inexistente.

 

 

Conectividade

 

Um dos diferenciais do Multilaser M10A é a presença de um slot duplo para SIM cards, com função de telefonia ativa para realizar e receber ligações.

Não que você vai utilizar o telefone colado na orelha, mas é possível realizar e receber ligações utilizando um fone de ouvido, o que é mais elegante e confortável para o uso nesse aspecto.

 

 

Dito isso, o tablet cumpre o que promete nesse aspecto, inclusive abrindo a possibilidade de utilizar o WhatsApp no tablet. Existem outras formas de fazer o mais popular aplicativo de mensagens instantâneas funcionar em um tablet, mas a forma mais eficiente de uso é mesmo de forma nativa, com o suporte oficial e com a linha de telefone da conta ativa no dispositivo.

Por outro lado, este tablet da Multilaser conta com conectividade 3G, o que deve representar um sério problema para se conectar à internet móvel. O nosso 3G é um verdadeiro desastre, e os usuários que insistirem nesse tipo de acesso precisam estar nutridos de muita paciência para navegar na web e se comunicar em diversas plataformas com uma rede tão defasada.

Mesmo assim, é o suficiente para trocar mensagens de texto via WhatsApp, o que é alguma coisa.

 

Desempenho

 

Levando em consideração os aspectos técnicos do dispositivo e sua faixa de preço, o Multilaser M10A até surpreende em alguns aspectos.

Em nenhum momento o dispositivo apresentou travamentos ou falhas críticas durante a execução de aplicativos das mais diferentes categorias. O Android quase puro é executado com certa fluidez, com acesso simplificado a todas as funções do sistema operacional.

Mas o que mais chamou a atenção durante os testes é ver o dispositivo executando jogos com especificações recomendadas acima daquelas disponíveis no dispositivo. Não que a execução desses jogos foi perfeita, já que apresentou pequenos arrastos e uma relação de frames inferior, mas ver títulos como Real Racing 3 e Dead Trigger 2 rodando no tablet e serem considerados jogáveis pelos usuários mais casuais e menos exigentes é algo que considero uma vitória para esse produto.

 

 

Conclusão

 

 

Para um dispositivo na casa dos R$ 600 com uma tela de 10 polegadas, o Multilaser M10A até entrega o que promete. Mas reforço o tipo de usuário que o produto se propõe: o usuário de entrada, sem grandes aspirações.

É aquela alternativa econômica para visualização de vídeos por streaming, acesso à internet para leitura e navegação em sites de notícias, redes sociais, acesso ao Facebook, consulta de e-mails e outras atividades consideradas básicas em um dispositivo.

Pode ser o dispositivo perfeito para sua avó ou sua tia na melhor idade, para aquela criança de 8 anos de idade que não pode chegar perto do seu iPad, ou para aqueles momentos mais casuais para ver vídeos no YouTube e nada mais.

Ah, sim, claro… é uma das alternativas para quem quer utilizar o WhatsApp em uma tela maior. Obviamente.