Razer Seiren

Ao longo de nove anos como blogger, podcaster e youtuber (sim, ainda sou tudo isso), eu utilizei várias fontes de captação de áudio. O melhor de todos que utilizei até hoje é o (quase) onipresente Microsoft Lifechat LX-3000.

Até hoje. Até agora.

A assessoria de imprensa da Razer me mandou para testes o Razer Seiren, microfone USB pensado nos youtubers e podcasters, com vários recursos pensados na melhor captação de áudio, tanto para quem grava sozinho como para quem grava em grupo.

Levando em consideração que é a ferramenta pensada naqueles que querem levar o ofício a sério, testei o produto durante algumas semanas, passo nesse review as minhas impressões. É claro que o resultado final vai depender também em como o usuário vai trabalhar com o processo de edição e pós produção do áudio. Mesmo assim, o que esta em questão é a qualidade final do áudio para as finalidades que o produto se destina.

 

 

Para começar, estamos diante de um microfone de pedestal muito bem construído, com o metal predominando em todos os componentes. A base do pedestal é emborrachada, para evitar que o microfone fique deslizando em superfícies mais lisas. As chaves de comando são de plástico, e um dos botões (o de controle de volume dos fones de ouvido) veio afundado. Mas entendo que isso aconteceu muito mais por conta do transporte do produto, apesar do mesmo vir em uma caixa muito bem protegida.

Na parte superior, os microfones. Bem protegidos pela tela externa e pelas espumas dentro da cápsula. Isso é importante para garantir uma captação de áudio mais limpa, e com menor chance de estouros, pipocos e sopros na captação do áudio.

 

 

Na parte central, o logo da Razer, que pode se acender através de um acionamento de botão dedicado. Pode parecer uma bobagem para muita gente, mas é um dos sinais de identidade da empresa dentro de suas diversas linhas de produtos. É algo que diferencia a marca dos demais.

 

 

Abaixo do logo, duas chaves de controle. A de cima muda a direção da captação dos microfones, saindo do modo omnidirecional e passando para o modo multidirecional. Ou seja, é aqui que você alterna o modo de captação entre individual e coletivo. Esse também é outro diferencial importante do produto, já que permite o acesso direto a esses controles sem depender de um ajuste prévio no computador.

A segunda chave é responsável pelo ganho do microfone, ou seja, o controle de volume do microfone em si. Aqui, você pode determinar o quanto que o microfone vai captar de som e, mais uma vez, sem depender do seu software de captura de áudio.

 

 

Na parte traseira, uma pequena tela em LED mostra o volume do seu retorno, ou seja, da reprodução dos fones de ouvido. Aqui, você pode ter a certeza que seu retorno de áudio está garantido, pois são realmente bem audíveis. Também pode ser considerado algo desnecessário para alguns, mas é outro sinal de identidade da Razer, e um diferencial que a marca normalmente entrega em seus produtos.

Abaixo dessa pequena tela LED, temos a chave que controla o volume da saída de fones de ouvido, determinando assim o volume do seu retorno de áudio. Abaixo dessa chave, o botão que aciona o mudo do microfone, também com um LED indicador de atividade e inatividade (aqui, bem útil).

 

 

Na parte inferior, o conector para fones de ouvido, e a saída para o cabo USB, que se conecta ao computador de forma direta e imediata.

O Razer Seiren é um produto que está no mercado desde 2015. Naquela época, alguns usuários reclamavam que o produto obrigatoriamente tinha que contar com o software Synapse no computador para que ele funcionasse de forma perfeita no equipamento.

Parece que o tempo passou, e a Razer decidiu corrigir o que eu considero como um erro (do nível do iTunes com o iPhone, iPod e iPad, por exemplo), já que qualquer software adicional para controlar um periférico é, em via de regra, um software a mais interferindo no desempenho do sistema operacional.

 

 

Durante os testes, eu não precisei em nenhum momento instalar o software Synapse no computador para utilizar esse microfone. Bastou conectar em dois computadores com sistemas diferentes (Windows 10 e, pasmem, Chrome OS), que ambos identificaram o periférico e se tornaram funcionais de forma imediata, sem qualquer tipo de problema ou conflito. O que é ótimo para os menos experientes, que poderão utilizar o produto e todas as suas funcionalidades sem maiores problemas, e para os usuários mais avançados permite um maior explorar de suas possibilidades, utilizando o software de captura de áudio que você quiser.

Com esse detalhe em mente, o Razer Seiren foi muito bem trabalhando com diferentes tipos de software, além de não apresentar interferências com o hardware. Quero dizer, sem os chiados ou distorções que alguns produtos já apresentaram comigo em algumas oportunidades. Aliás, estamos diante de um microfone absurdamente sensível na sua captação de áudio, o que é ótimo, pois comprova a sua qualidade nesse ofício, mas se você está em um local onde os ruídos externos acabam invadindo de forma invariável, você vai precisar trabalhar na pós produção desse áudio, eliminando ruídos externos.

Use o recurso com moderação.

 

 

Por fim, o Razer Seiren está aprovado. Imagino como é o desempenho desse microfone em um ambiente adequado, com isolamento acústico e com softwares de tratamento e edição de áudio de alta qualidade. Usuários com algumas habilidades nesse segmento poderão tirar um bom proveito desse periférico.

Muitos podem se assustar com o preço do produto na casa dos R$ 1.000 (ou mais, dependendo do e-commerce que você escolher para adquirir o produto). Porém, microfones profissionais de alta qualidade podem superar essa marca. Por outro lado, há microfones de pedestal que custam menos que esse limite de preço e podem oferecer resultados tão bons quanto o produto da Razer.

No final das contas, a escolha, pra variar, é sua. São as suas prioridades e aquilo que você entende ser a melhor relação custo benefício para você. Compreendo que os fãs da Razer ficarão satisfeitos com o produto e, se o preço não representar uma dor de cabeça, podem fazer o investimento na compra do mesmo sem pensar muito.

 

Review em Vídeo