Toshiba SATELLITE C75-A-156 topo 02

A necessidade faz o homem, e eu me vali dessa necessidade para fazer um importante investimento para o TargetHD.

Com o notebook Dell Vostro 5470 basicamente se desmontando por conta da má qualidade do produto, eu tive que correr atrás de um novo notebook. Não estava encontrando produtos que fossem do meu agrado, ou dentro das características técnicas que eu esperava.

Até que eu encontrei esse achado: o Toshiba Satellite C75-A-156, um produto lançado na Europa (essa unidade veio do Reino Unido), e que oferece uma bela tela de 17.3 polegadas, algo que seria muito útil para o meu trabalho.

Apesar de ficar reticente com alguns aspectos, decidi apostar no produto. Veremos nesse review se essa aposta se pagou ou não.

 

 

Características Físicas

O Toshiba Satellite C75-A-156 é um notebook muito sóbrio nas suas linhas. A combinação de cinza e preto pode agradar em cheio aos usuários mais sérios ou profissionais.

O cinza predomina na sua carcaça de plástico, que em comparação com o finado Dell Vostro, é um plástico muito mais resistente e melhor construído (shame on you, Dell…).

Por conta de suas dimensões, o modelo não é o que pode ser necessariamente chamado de “portátil”. Ele é mais fácil de ser transportado que um desktop, evidentemente. Mas é mais desconfortável no transporte que os notebooks menores.

A disposição das portas está bem acessível, com todas nas laterais, assim como o seu leitor/gravador de CD e DVD. Uma curiosidade: a ejeção dessa porta só pode ser feita por software, através do Windows Explorer, ou de algum outro software capaz de gerenciar esse aspecto.

 

Toshiba SATELLITE C75-A-156 03

 

Na parte inferior, temos o acesso aos slots para os módulos de memória RAM (até 16 GB) e disco rígido (que pode ser substituído por uma SSD).

No final das contas, temos um notebook sóbrio, bonito e bem construído. É um produto que cabe bem em qualquer casa ou escritório, dando a impressão de ser um produto que tende a ser um grande companheiro dos profissionais.

 

 

Tela

 

Toshiba SATELLITE C75-A-156

 

Um dos fatores que me fizeram escolher o Toshiba Satellite C75-A-156 foi a sua generosa tela de 17.3 polegadas.

Não só por causa do tamanho da tela, que é a maior tela que já utilizei em um notebook. É uma tela LED TFT com tecnologia TruBrite da Toshiba, com aparência 16:9, algo excelente para a reprodução de vídeos, consumo de conteúdo multimídia e para o trabalho de produção e edição de conteúdo.

Resultado: uma tela simplesmente excelente, com boa emissão de brilho e contraste. Excelente para quem quer trabalhar ou apenas se divertir no computador.

 

 

Teclado + Touchpad

 

Em um notebook com tela de 17.3 polegadas, é mais do que natural encontrarmos um teclado mais que completo.

O Toshiba Satellite C75-A-156 conta com um teclado completo, com área numérica e teclas em formato chiclete. Um dos “problemas” desse teclado é o fato dele contar com um layout do Reino Unido. Mas isso é algo contornável.

Apesar de considerar o formato das teclas mais desconfortável do que outros modelos que já testei e dispor de teclas em um posicionamento bem diferente do que eu estou acostumado, esses obstáculos não me impedem de obter uma produtividade plena na hora da digitação.

 

Toshiba SATELLITE C75-A-156 02

 

A curva de aprendizado desse modelo é relativamente baixa. Com menos de um mês de uso eu já contava com um baixo índice de erros na escrita.

Os menos experientes muito provavelmente vão se perder nesse aspecto, mas só levarão mais tempo para se acostumar.

O touchpad é meio lento para o meu gosto, mas nada que não possa ser suprido com o uso de um mouse sem fio (receptor utilizando uma porta USB o tempo todo).

 

 

Bateria

 

A bateria do Toshiba Satellite C75-A-156 tem uma autonomia de uso prometida de até 3h30 de uso. É tempo mais que suficiente para se prevenir de alguma pane de energia no horário de trabalho.

É preciso levar em consideração que o tempo pode variar, caso o portátil esteja realizando alguma tarefa mais complexa, ou com brilho de tela no máximo, ou utilizando as conexões WiFi e Bluetooth.

 

 

Áudio

 

Se tem algum ponto que deixa a desejar no Toshiba Satellite C75-A-156 é justamente o seu áudio.

Tudo fica limitado a uma única barra de som, que acaba não reproduzindo o áudio do notebook com um volume mais forte, ou com maior clareza do que você está ouvindo.

Esse aspecto pode não ser um problema para mim, que trabalha o tempo todo com fones de ouvido.

Mas outras pessoas podem se sentir incomodadas com esse aspecto.

 

 

Software

 

O Toshiba Satellite C75-A-156 é 100% compatível com o Windows 10. Quando comprei o produto, fiquei com esse receio do mesmo não ter todos os drivers disponíveis para a nova versão do sistema operacional da Microsoft.

No final das contas, apesar do portátil chegar até mim com o Windows 8.1, atualizar para o Windows 10 foi algo muito simples e prático de se realizar.

O usuário não terá maiores problemas com esse importante detalhe da atualização. Mas é altamente recomendado que, em caso de dúvidas, que procure a assistência técnica autorizada para uma orientação mais específica.

 

 

Hardware

 

O Toshiba Satellite C75-A-156 conta com um processador Intel Core i3-3110M de 3ª Geração (Ivy Bridge) com clock de até 2.40 GHz, originalmente trabalhando com 8 GB de RAM e um HD de 1 TB (5.400 RPM).

Digo “originalmente”, pois desde que o notebook chegou, o meu objetivo é incluir nele o melhor hardware possível.

Para tanto, decidi utilizar o módulo de memória RAM do finado Dell Vostro 5470 nesse novo notebook da Toshiba. E tudo funcionou perfeitamente.

Aproveitei essa resposta bem sucedida para buscar outro módulo de memoria de 8 GB, para deixar esse notebook com a capacidade máxima de 16 GB de RAM.

Também alterei o HD de 1 TB e instalei uma SSD da Kingston de 240 GB para um melhor desempenho.

Sei que perco em capacidade de armazenamento, mas em compensação estou com um notebook cuja performance pode ser considerado excelente.

O processador Ivy Bridge, mesmo com o Core i3 sendo considerado o mais fraco dos três, conseguiu superar de lavada o Dell Vostro 540 que utilizava.

Com tudo isso, o próximo item tem resposta óbvia.

 

 

Desempenho

 

O Toshiba Satellite C75-A-156 é perfeito para todas as minhas necessidades de produção de conteúdo, consumo de conteúdo multimídia, jogos e derivados. Não é preciso ter um processador top de linha para se obter um desempenho excelente.

Trocando a memória RAM e um HD para apostar no SSD, o modelo se tornou APENAS o melhor notebook que eu já utilizei na vida.

É impressionante como um processador da Intel de uma geração anterior pode funcionar bem melhor do que um outro chip da mesma empresa, que  é mais novo.

Este notebook da Toshiba é perfeito para os momentos de trabalho e lazer. Uma ótima ferramenta para entornos profissionais e de entretenimento.

 

 

Conclusão

 

Toshiba SATELLITE C75-A-156 topo

 

O Toshiba Satellite C75-A-156 está mais que aprovado. É um notebook que com certeza vai durar muito na sua mão, e com a chegada do Windows 10, a tendência é que esse notebook dure ainda mais tempo, por conta de suas otimizações e complementos de software que devem trabalhar bem com o seu hardware.

De qualquer forma, com mais RAM e uma SSD no lugar do HD, esse notebook tem um desempenho impecável. Mais uma vez não é necessário ter um processador top de linha para se obter um excelente desempenho com um equipamento informático.

O Toshiba Satellite C75-A-156 é um dos produtos que eu gostaria de ver por aqui, mas posso perder a ilusão. Sorte minha e encontrei um cidadão aqui da cidade de Ponta Grossa que contava com um desses notebook.

Sem dúvida, um dos melhores que já testei.