Mais um review para o blog TargetHD (aliás, estamos em ritmo acelerado neste final de ano). Dessa vez recebemos da Sony o Vaio P VPC-P110JB, que temos até receio em chamá-lo de netbook, pois a Sony não usa essa nomenclatura para classificá-lo. Eles consideram este modelo como um “ultraportátil”, e se pensarmos em linhas gerais, eles estão cobertos de razão em afirmar isso.

Ele vem em uma embalagem muito compacta, muito bem fechado e acondicionado. É o tipo de embalagem que você não vai querer se desfazer quando o produto chegar na sua casa.

Ele conta com vários itens dentro da caixa, mas foram colocados de tal forma que eles conseguem ficar perfeitamente acondicionados na embalagem. Enfim, vamos mostrar esses itens.

Como vocês vão poder notar nas próximas fotos, o Vaio P é um produto muito fino, logo, alguns itens considerados básicos foram suprimidos de seu corpo original. Entre elas, a saída para monitor externo e a entrada de rede Ethernet. Logo, a peça que você vê acima atua como um adaptador para que o usuários tenha estas opções quando precisar. Essencialmente, o Vaio P foi concebido para ser usado de modo sem fio na internet (seja por WiFi ou 3G), por isso, esse item aparece como acessório complementar do produto.

Sua fonte de rede elétrica, que não usa os novos padrões de tomadas elétricas nacionais (pelo menos no modelo que recebemos para testes).

Fones de ouvido, para você aproveitar os conteúdos multimídia sem incomodar as pessoas que estão ao seu lado no shopping, aeroporto, ou avião.

Protetores sobressalentes para os fones, documentação e até uma presilha para o pulso, para você não perder o portátil também estão inclusos.

Vamos agora ver o produto mais de perto.

Mesmo nesse tom verde um tanto quanto chamativo, ele é um produto que passa modernidade e sobriedade nas suas linhas. O plástico predomina na sua estrutura externa. Ele aparenta ser um produto frágil se visto de longe, mas na prática, ele acaba sendo um produto bem compacto na sua construção.

Ainda chama a atenção a pouca espessura que o produto tem. Mais pra frente, vamos mostrar o tamanho dessa diferença, se comparado com um netbook.

Suas respectivas entradas para cartões de memória.

Indicadores de LED de bateria, HD, energia e rede sem fio.

Para ser um produto que se preze pela praticidade, você vai encontrar poucas portas USB no Vaio P. Uma delas está localizada na lateral direita do aparelho (com o produto de frente para você), além de contar com o conector para o adaptador de portas VGA e Ethernet que vimos antes.

Na outra lateral, temos o conector para a fonte de energia, mais uma porta USB, o conector de fones de ouvido e a chave para acionar a rede wireless. Reparem que, neste produto, a única opção possível de microfone é a do microfone integrado no próprio aparelho, sendo o usuário obrigado a utilizar um adaptador USB se quiser utilizar um microfone externo. Eles poderiam ter adicionado mais uma entrada para esta finalidade.

O produto, visto pela sua lateral. Mais uma amostra do quanto ele não ocupa quase nada de espaço para ficar na posição considerada ideal para ver vídeos.

Outra grande vantagem do Vaio P é o tamanho de suas teclas. Um dos focos de consumidor que este produto tem é daqueles usuários que precisam escrever uma quantidade razoável de textos em qualquer lugar. Este ultraportátil conta com teclas em formato “chiclet”, mais chapeadas, que facilitam a digitação. E, mesmo tendo um teclado menor do que um netbook, ele tem uma digitação mais prática e ágil. É um diferencial a ser considerado para quem quer um produto para produzir textos com um pouco mais de conforto, e em qualquer lugar que estiver.

Um dos diferenciais desta versão é este touchpad na própria tela do aparelho. Um dos maiores problemas deste tipo de computador portátil é não contar com o touchpad tradicional para mover o ponteiro do mouse. Por isso, foi adicionado esse touchpad lateral, que ajuda na hora de você movimentar o ponteiro na tela. Ajuda, mas não resolve. Porém, é bem melhor do que a “bolinha” apontadora que fica cravada no meio do teclado.

O ponto que pode incomodar alguns usuários é justamente esse mecanismo apontador. Até mesmo os mais experientes vão precisar de um pouco mais de tempo para poder se adaptarem ao sistema de funcionamento desta pequena bolinha. Nos testes, deu um pouco de trabalho para esta adaptação, mas com o tempo, foi-se pegando o jeito. Usuários novatos vão apanhar muito dessa pequena bolinha.

Seu teclado, visto de cima, na íntegra.

Sua versão de Windows é a Windows 7 Starter, que é a mais adequada para ser executada em um produto com estas características. Seu desempenho final é satisfatório, se comparado à um netbook, justamente por causa de suas especificações de hardware. Mesmo com o seu disco em SSD, seu desempenho é levemente superior do que um netbook com HD (ele é ligeiramente mais rápido para inicializar o sistema). Logo, ele não vai ser tão mais potente quanto um netbook que temos no mercado. Terá sim um desempenho um pouco melhor para reproduzir conteúdos multimídia, por causa do tamanho de sua tela, o que é uma vantagem considerável na hora de ver vídeos, visualizar fotos e, principalmente, assistir TV digital (já que ele vem com o conversor 1seg integrado).

Abaixo, fazemos a comparação de tamanho com um netbook de 10,1 polegadas.

Por fim, nossa avaliação final sobre o Sony Vaio P VPC-P110JB é que ele cumpre com o seu propósito principal de oferecer conectividade e produtividade para quem realmente precisa de um produto que seja extremamente leve para ser transportado de um lado para outro sem fazer peso na sua pasta ou até mesmo no bolso interno do seu paletó. Obviamente existem opções bem mais baratas no mercado, mas com tais dimensões, será difícil encontrar. Usuários mais descolados, executivos, blogueiros e produtores de conteúdo ficarão felizes com um produto desses, por oferecer a mobilidade que os outros não oferecem.