DSC01636

A tendência de smartphones com telas de 5 polegadas ou mais se tornou uma realidade consolidada. O número de lançamentos desses modelos só aumentou nos últimos 12 meses, e com uma característica em comum: com preços mais acessíveis. Hoje, você não precisa pagar mais do que R$ 1.000 por um smartphone de linha média com tela de 5 polegadas e recursos como slot para dual SIM cards e TV digital. E o LG L80 Dual oferece tudo isso. E por conta disso, passa pela nossa análise.

O L80 Dual é mais um dos lançamentos da LG para o seu portfólio 2014 no Brasil, e se apresenta como mais uma alternativa de smartphone de linha média, com tela de grandes dimensões, um hardware intermediário e recursos muito buscados por uma boa parte dos consumidores. O objetivo desse review é descobrir se o conjunto presente nesse smartphone pode fazer frente aos seus principais concorrentes.

Até porque a disputa por esse segmento intermediário já é elevada, e todos os fabricantes oferecem hoje pacotes técnicos relativamente competitivos. A LG já conseguiu estabelecer uma certa credibilidade com lançamentos muito elogiados, como o LG G2 e o recente LG G3. Será que eles conseguem repetir a boa qualidade com um modelo intermediário? Ou as restrições acabam afetando negativamente a experiência de uso?

 

Características Físicas

DSC01572

O LG L80 Dual é um dispositivo que tem alguns traços de design dos modelos mais completos da empresa, mas com algumas diferenças substanciais. O seu tamanho é praticamente o mesmo do LG G2 (meu dispositivo de uso pessoal), mas com as suas bordas de tela visivelmente mais espessas. E é nesse ponto que começamos a perceber que estamos diante de um típico dispositivo de linha média. O que não é uma coisa ruim. É apenas uma característica conceitual do produto, ou algo absolutamente normal e compreensível dentro das escolhas feitas da LG para esse modelo.

DSC01605

A composição de seus materiais também são mais simples. A tampa traseira possui um interessante relevo que evita que o dispositivo escorregue facilmente das mãos do usuário, mas com um material mais simples, com presilhas aparentemente mais frágeis do que o ideal. Se bem que já vi essa mesma característica de tampa com aparência mais frágil em modelos que custam aproximadamente R$ 2 mil. Logo, no caso do LG L80 Dual é algo aceitável. Se ele custasse o dobro do que ele custa, seria um ponto negativo.

DSC01585

Sua espessura não é das mais avantajadas, assim como a sua largura. Ele é um pouco mais espesso que o LG G2, e como sua largura é praticamente a mesma, o agarre do dispositivo não foi algo desconfortável… para mim, que já estou acostumado com um dispositivo com uma tela de 5.2 polegadas. Alguns vão achar esse smartphone um tanto desconfortável para o uso com uma das mãos, principalmente aqueles que contam com mãos pequenas. Logo, os resultados podem variar de pessoa para pessoa.

DSC01608

Outro diferencial do LG L80 Dual é a presença do recurso da TV digital. para auxiliar nessa funcionalidade, a LG decidiu instalar uma antena retrátil na lateral esquerda do dispositivo. É uma antena que não muda muito de uma antena comum de um rádio ou TV portátil, ou seja, é um item aparentemente mais frágil, que requer do usuário um cuidado considerável na sua manipulação. Pessoas com mãos mais pesadas devem ter uma atenção redobrada na hora de utilizar essa antena. Caso contrário, ela pode quebrar com certa facilidade.

No geral, o LG L80 Dual é um dispositivo bem construído, preservando parte da proposta do fabricante. Segue uma regra de um conceito mais sóbrio no seu design, sem muitos chamarizes. Com pouquíssimos detalhes de acabamento (como o acabamento na parte superior na região do alto-falante), o modelo deve agradar aos usuários mais discretos, que não se preocupam muito com cores que combinem com os acessórios, ou que não querem que o smartphone chame muito a atenção.

Para quem gosta de personalizar os seus gadgets, vai ter que recorrer ao case externo nesse caso.

 

Tela

O LG L80 Dual possui uma tela IPS de 5 polegadas WVGA (800 x 480 pixels), com 16.5 milhões de cores. Esse é um dos itens que receberam um severo corte por conta da LG, e talvez até um corte que não faz muito sentido. Afinal de contas, smartphones que são considerados concorrentes de preço (Moto G, Moto X, Galaxy Gran Duos 2, etc) já contam com telas HD (720p), e não vejo motivos para o L80 Dual contar com uma tela com uma resolução abaixo disso.

DSC01629

Ok, muitos vão dizer que tanto o Moto G quanto o Moto X contam com telas menores. Mas o Galaxy Gran Duos 2 não. E, mesmo que o fosse, não pode ser tão mais caro colocar uma resolução maior em uma tela que é pelo menos 0.3 polegadas maior do que alguns dos seus concorrentes. Sem falar no fato que o seu conjunto de hardware é relativamente semelhante aos concorrentes citados. Mesmo assim, temos sempre que lembrar que a regra é “a melhor relação custo/benefício possível”. Logo, sempre teremos restrições em algum item nos modelos de linha média. Nesse caso, é na tela.

Mesmo assim, a tela do LG L80 Dual é considerada boa, dentro de suas características. Aliás, a LG vem fazendo um bom trabalho nas suas telas, herdando o seu expertise no desenvolvimento das telas de TV para o seu portfólio 2014 para smartphones. Nesse caso, apesar de não ser uma tela ajustada para a reprodução de conteúdos em alta definição, a exibição dos elementos da interface na tela é boa, sem a aparência de que a tela foi coberta com uma fina camada de areia.

O usuário que não for exigente com o quesito “conteúdos em alta definição” vai ter uma experiência satisfatória com a visualização de fotos, vídeos, jogos e elementos da interface de usuário. O nível de nitidez e brilho dessa tela é bastante satisfatório, seguindo a regra dos últimos lançamentos da empresa.

Em resumo: para o seu público alvo, é uma tela boa o suficiente para a rotina diária. Porém, existem telas melhores por aí, e na mesma faixa de preço. É uma questão de você escolher o que você espera do dispositivo.

 

Sistema Operacional e Interface de Usuário

O LG L80 Dual enviado para testes já contava com a versão Android 4.4.2 KitKat, com a interface da LG que tão bem conhecemos. Logo, deixemos de lado a discussão sobre as preferências de cada um sobre essa interface, e vamos falar sobre o que realmente interessa: se ela consegue desempenhar bem em um modelo com um hardware mais restrito.

Screenshot_2014-07-11-00-38-13

De novo, tenho que dizer que levando em consideração que as modificações adotadas pela LG nessa interface Android são profundas, o desempenho geral apresentado por esse dispositivo não é dos piores. Sim, em alguns momentos é possível perceber lags e arrastos nas transições de páginas de aplicativos ou durante a execução de uma tarefa mais pesada. Porém, não é algo que podemos considerar como “insuportável ou inutilizável”. Está bem ajustado para a proposta desse produto.

Mais uma vez, alguns dos recursos que são as assinaturas da LG na experiência para o usuário estão presentes, como o QSlide, Quick Memo, Knock On e Knock Code. Além disso, recursos de ações por gestos e operação com uma mão também estão disponíveis, o que no caso desse modelo é algo muito bem vindo, já que estamos falando de um dispositivo com uma tela de 5 polegadas, e essa dimensão de tela pode tornar a operação de algumas funções algo um pouco mais complicado.

Screenshot_2014-07-11-00-23-32

Como estamos diante de um smartphone com suporte ao dual SIM, temos uma página de opções dedicada ao recurso. Um pressionar mais longo no botão dessa função (na parte inferior da tela) abre a página de opções, onde o usuário pode ativar ou não o SIM card desejado, alterar as cores dos seus ícones, renomear os nomes dos cartões, ativar o Modo Econômico (que indica qual chip deve ser utilizado de forma mandatória para as chamadas), a rede de dados padrão e a configuração em roaming.

 

Câmera

Screenshot_2014-07-11-00-25-25

O LG L80 Dual conta com um sensor traseiro de 8 megapixels, que segue a proposta geral de restrição de algumas das características do produto para resultar em um preço mais acessível para o consumidor final. A consequência direta disso é uma câmera que, na maioria dos casos, quebra o galho dos fotógrafos menos exigentes, ou dos usuários casuais.

20140713_105326

Nas fotos registradas durante o dia e/ou com perfeitas condições de iluminação, as fotos ofereceram resultados aceitáveis. Apesar do software de câmera LG contar com alguns dos recursos herdados dos modelos mais avançados, os modos de cena são limitados, e os ajustes disponíveis acabam não se convertendo em grandes melhorias no resultado final das fotos. E no modo automático, a captação de brilho é um pouco maior do que o desejado, fazendo com que as fotos apresentem um resultado abaixo do ideal. Mas boa o suficiente para ser compartilhada pelas redes sociais, pelo menos.

20140712_203053

Para as fotos registradas à noite ou com baixa luminosidade, os resultados foram dentro do esperado: uma quantidade de ruído acima do desejado, que até pode ser compensado com a utilização do flash. Além disso, o software de câmera do LG L80 Dual não possui o modo noite, assim como o modo HDR. Logo, o usuário vai ter que trabalhar muito nos demais ajustes disponíveis para obter resultados melhores das fotos nessas condições.

20140714_091239

A câmera frontal possui resolução VGA, ou seja, é o básico para realizar videochamadas. Não pense muito nas selfies quando cogitar a compra desse smartphone. A qualidade não será das melhores.

Por fim, o sensor traseiro ainda é capaz de gravar vídeos, mas apenas na resolução de 800 x 480 pixels. É o suficiente para a reprodução na tela do próprio dispositivo, mas abaixo do aceitável para os padrões atuais para reproduzir nas TVs em alta resolução ou para upload no YouTube. Mais uma vez, é preciso ter isso em mente antes de escolher esse modelo, para não se decepcionar depois.

 

TV Digital

O LG L80 Dual tem como um de seus diferenciais a presença do recurso de TV Digital. Os usuários que gostam de ver TV em qualquer lugar ficarão bem servidos com esse recurso, apesar de algumas de suas características não serem muito favoráveis para aqueles que estão em trânsito o tempo todo, ou que pretendem assistir TV no ônibus ou no metrô ao voltar para casa.

Screenshot_2014-07-11-15-18-29

Antes de mais nada, é preciso dizer que o recurso em si funciona, e bem. O aplicativo da LG oferece recursos como gravação de programação, gerenciamento de programas gravados e a já tradicional identificação de canais por sintonização automática ou manual. São itens que eu não encontrei – por exemplo – no Motorola Moto E (se bem que o Moto E não entra na mesma categoria de preço do LG L80 Dual; citei o exemplo apenas para ilustrar as diferenças entre os softwares da Motorola e LG).

Screenshot_2014-07-11-15-19-30

Em compensação, ter uma tela de 5 polegadas, mas com uma resolução de 800 x 480 pixels acabam prejudicando parte da experiência de uso na visualização dos eventos. Tudo bem, não precisa ser uma tela Full HD, com captação de sinal em Full-Seg. Mas pelo menos uma tela de 720p era o mínimo que se pede para uma experiência melhor. Definitivamente, os mais exigentes não vão gostar das imagens exibidas, que condizem com a resolução disponível na tela.

DSC01611

Outro detalhe a ser observado está na antena retrátil do smartphone. Essa não é uma das melhores soluções para quem quer ver TV em qualquer lugar, pois a mesma aparenta uma fragilidade que nunca é bem vinda. A impressão que dá é que o usuário pode entortar ou até mesmo quebrar essa antena a qualquer momento. Aqui, a melhor solução é mesmo um adaptador para o fone de ouvido, que atua como antena na extensão do cabo dos fones. É simples, prático e mais seguro.

Em linhas gerais, o recurso de TV Digital atende bem aos menos exigentes e noveleiros móveis. Mas poderia ser um pouco melhor.

 

Games

Apesar de contar com apenas 8 GB de armazenamento (o que é pouco para quem pretende utilizar o smartphone para essas aspirações), e das restrições impostas pelo seu hardware (baixa resolução de tela, apenas 1 GB de RAM, GPU Adreno 302, processador Qualcomm Snapdragon 200) o LG L80 Dual ao menos oferece uma boa experiência nesse aspecto.

Screenshot_2014-07-11-00-32-07

Nos testes realizados com jogos mais simples, não foram detectados maiores problemas ou dificuldades na execução. O que chama a atenção positivamente é que os jogos com gráficos mais complexos também rodaram muito bem. Praticamente sem arrastos nas transições ou travamentos que prejudiquem a jogabilidade.

Screenshot_2014-07-11-00-35-10

Obviamente, em alguns jogos, as propriedades gráficas foram reduzidas para garantir essa jogabilidade toda. Mas nesse caso, o que importa é que os jogos funcionam bem. O ponto negativo é o armazenamento reduzido (com programas que não podem ser transferidos para o cartão de memória) e a baixa quantidade de RAM, o que eventualmente pode comprometer o desempenho dos jogos.

Mas para os mais pacientes (ou menos exigentes), o LG L80 Dual até pode “quebrar um galho” no quesito games.

Screenshot_2014-07-11-00-29-53

 

Bateria

Os últimos dispositivos da LG que testamos para o blog já apresentava uma característica em comum: o bom gerenciamento da bateria. Com o LG L80 Dual, isso não é diferente. Para usuários que utilizam o dispositivo de forma “regular” (algumas ligações, maior parte do tempo com o uso de internet WiFi, navegação na web e redes sociais, algumas fotos, poucos vídeos, etc), a energia armazenada na bateria de 2.460 mAh do dispositivo consegue sobreviver bem ao dia útil de trabalho (o mínimo aceitável para os dias de hoje).

Screenshot_2014-07-12-09-33-30

Mais uma vez, a regra de consumo para comportamentos mais exigentes e/ou com maior tempo de tela ativa (jogos, vídeos, consumo constante das redes sociais, etc) ou para quem utiliza a internet móvel na maior parte do tempo permanece a mesma: quanto mais você utilizar o dispositivo, mais rápido essa bateria vai se esgotar. Mas tudo dentro da normalidade, sem um consumo exagerado ou fora do normal.

É preciso levar em consideração que esse dispositivo trabalha com dois slots para SIM Cards, e esse fator tem um impacto direto no consumo de bateria. Se a operadora (ou as operadoras) não oferecem uma qualidade de sinal satisfatória na maior parte do tempo, o smartphone vai ficar procurando esse sinal, e por tabela, consumir a energia da bateria para encontrar esse sinal. Muita atenção à esse detalhe, pois essa autonomia de bateria tende a variar principalmente por conta desse fator.

 

Desempenho

Em linhas gerais, o desempenho do LG L80 Dual é muito satisfatório. Levando em consideração que estamos diante de um dispositivo com um processador Qualcomm Snapdragon 200 (ARM Cortex A7) de 1.2 GHz, 1 GB de RAM, GPU Adreno 302 e 8 GB de armazenamento, é possível obter uma experiência de uso bem razoável, sem muitos engasgos e travamentos. Evidentemente, alguns arrastos e lags podem ser percebidos em algumas transições de tela, mas nada que afete de forma drástica a usabilidade.

Screenshot_2014-07-11-00-24-45

Também temos que levar em consideração que esse dispositivo já conta com o Android 4.4.2 KitKat, que foi pensado na oferta de uma melhor experiência de uso para dispositivos com especificações de hardware mais restritas. Mesmo assim, como a LG realiza customizações profundas na interface, o conjunto geral se converte em um saldo positivo, pois o resultado final oferecido é considerado muito bom.

 

Conclusão

O LG L80 Dual se posiciona tipicamente no grupo dos modelos de linha média, com algumas restrições em pontos específicos, para oferecer o produto com um preço competitivo. Como em todo modelo de linha média, é preciso observar com atenção essas restrições, analisando os prós e contras, e identificando o que cada um deseja explorar mais no dispositivo. É fundamental ter isso em mente para qualquer produto a ser escolhido, e no caso do L80 Dual, essa mentalidade deve ser ainda mais enfatizada.

DSC01633

Porém, não é um dispositivo que decepciona. Ele pode oferecer resultados satisfatórios para usuários que já estão acostumados com a experiência de uso oferecida pela LG, ou para aqueles que estão cientes de seus recursos, e que se encantaram com a ideia geral do smartphone. Ou seja, os critérios pessoais são ainda mais determinantes.

Talvez os quesitos tela e câmera ficam um pouco abaixo do desejado, principalmente levando em conta o que os concorrentes estão oferecendo hoje na mesma faixa do seu preço atual. Por outro lado, entendemos os motivos da LG, assim como o fato que os principais chamarizes desse dispositivo estão em outros itens que são mais prioritários para o seu público, como uma tela de grandes dimensões por um preço inferior a R$ 1.000, o suporte dual SIM card, entre outros fatores.

Em um mercado com uma competição tão grande, a LG oferece um bom produto de linha média. Poderia custar um pouco mais barato, para brigar de vez com a concorrência. Mas não podemos ter tudo nessa vida, não é mesmo?

19361979

 

Review em Vídeo

Mais imagens registadas durante o reivew

 

Características Físicas

DSC01571 DSC01577 DSC01579 DSC01582 DSC01587 DSC01590 DSC01594 DSC01597 DSC01600 DSC01602 DSC01614 DSC01626

 

Fotos das câmeras do dispositivo

20140711_002639 20140711_002712 20140711_002732 20140712_121141 20140712_121210 20140712_121229 20140712_121238 20140712_121332 20140712_121352 20140712_121410 20140712_121427 20140712_203032 20140712_203101 20140713_104947 20140713_105042 20140713_105143 20140713_105345 20140715_094133 20140715_094137 20140715_094146 20140715_094155 20140715_095301

 

Screenshots

Screenshot_2014-07-11-00-24-45 Screenshot_2014-07-11-00-25-43 Screenshot_2014-07-11-00-25-50 Screenshot_2014-07-11-00-29-19 Screenshot_2014-07-11-00-31-13 Screenshot_2014-07-11-00-32-41 Screenshot_2014-07-11-00-33-31 Screenshot_2014-07-11-00-33-50 Screenshot_2014-07-11-00-34-29 Screenshot_2014-07-11-00-35-21 Screenshot_2014-07-11-00-37-05 Screenshot_2014-07-11-00-37-34 Screenshot_2014-07-11-15-18-39 Screenshot_2014-07-12-09-33-15 Screenshot_2014-07-14-09-13-13 Screenshot_2014-07-14-09-13-23 Screenshot_2014-07-14-09-14-20