lg-04

Um novo smartphone top de linha que chega ao mercado brasileiro. O LG G4 é a quarta versão de um dispositivo que foi muito elogiado nas gerações anteriores, e que determinou a estratégia dos coreanos para as versões futuras, evoluindo em três pontos considerados essenciais na sua filosofia: tela, design e câmera.

A assessoria de imprensa da LG do Brasil enviou para testes uma unidade do LG G4, e nesse post, vamos analisar se eles conseguiram evoluir nesses três aspectos. Porém, tela, design e câmera não são tudo: desempenho, experiência de uso, funcionalidades e relação custo-benefício são essenciais em um dispositivo desse porte. Afinal de contas, será que o LG G4 vale mesmo os mais de R$ 3 mil cobrados por seu resultado final? Mais: para quem é pensado um dispositivo desse porte, com tais funcionalidades, e com esse preço?

É importante lembrar que estamos diante de um dispositivo top de linha, onde no Brasil o seu preço é pensado para as elites, ou aqueles que podem pagar por isso. Mesmo assim, bem sabemos que temos modelos igualmente competentes com preços mais competitivos. Então, o que o LG G4 pode oferecer de diferente?

Respostas a seguir.

 

Características Físicas

2015-07-07 15.04.32

As linhas de design do LG G4 mantém, de um modo geral, o que foi apresentado no LG G3, que por sua vez é uma evolução do LG G2. Comparado ao lançamento do ano passado, o G4 não tem muitas diferenças, mas quando elas aparecem, são perceptíveis. Uma das mais visíveis está nos cantos com curvas mais acentuadas, com linhas mais retas. Particularmente, a decisão me agrada, e combina muito com o acabamento em tons metálicos.

O LG G4 é um smartphone leve e de agarre agradável. Apesar de não receber a versão com acabamento de couro, o modelo com carcaça de plástico oferece segurança quando utilizado com apenas uma das mãos. Não é um telefone que fica escorregando nas mãos, mas sempre recomendamos você utilizar um case protetor nesse caso. Apenas para garantir uma segurança maior em caso de quedas.

2015-07-07 15.05.16

O novo smartphone da LG é mais fino que a sua versão lançada no ano passado. Visivelmente mais fino. Tal detalhe ajuda e muito na experiência de uso e no agarre já destacado no parágrafo anterior. Além disso, a baixa espessura é reforçada justamente pela adoção do acabamento em tons metálicos, algo que ajuda a passar uma impressão visual de que o dispositivo é realmente muito fino.

O LG G4 é um aparelho bem montado. Não tem partes móveis, ou que ficam rangendo quando pressionamos ou utilizamos gestos mais bruscos. Mesmo a carcaça de plástico na parte traseira é de boa qualidade, mostrando um cuidado da LG em oferecer um produto premium, mesmo em sua versão mais simples.

2015-07-07 16.13.08

Removendo a tampa traseira, encontramos a bateria de 2.900 mAh e os slots para chip micro SIM e microSD. Mais uam vez a LG decide colocar os slots para chip de telefonia e cartão de memória no mesmo lugar, o que ajuda a deixar o dispositivo mais fino. Ou seja, até mesmo nesses detalhes o design foi pensado com cuidado.

2015-07-07 15.06.56

De um modo geral, o LG G4 é um smartphone muito elegante. Estamos diante de um dispositivo que certamente vai agradar aos mais exigentes, que levam em consideração a beleza do dispositivo como fator a ser considerado na hora de escolher o seu próximo telefone móvel.

2015-07-07 16.14.24

Por outro lado, ainda não é a mesma coisa de ter um smartphone totalmente feito de metal na sua carcaça externa, e isso pode pesar na relação custo-benefício do LG G4. E esse é um fator que cada um deve analisar antes de pensar em tirar o cartão de crédito da carteira.

 

Acessórios

O LG G4 enviado para testes veio com o básico: carregador, cabo USB e manuais. Confesso que senti falta da base de recarga que estava presente no LG G3, mas compreendo a decisão dos coreanos nesse aspecto. Quem sabe o acessório não caiu no gosto dos usuários.

2015-07-07 16.16.04

O destaque aqui vai para os fones Quadbeat 3, que segue a boa tradição de oferecer um áudio de elevada qualidade para os amantes da música. Desde a primeira versão desses fones, o resultado final entregue pelo acessório é nada menos que excelente. E nessa terceira versão, isso se repete.

2015-07-07 16.16.19

O Quadbeat 3 conta agora com um revestimento em forma de cordão de nylon no lugar do acabamento emborrachado do Quadbeat 2. Isso faz uma diferença importante no que se refere à resistência do acessório, que tende a durar mais com um material menos propenso a romper os cabos internos dos fones com o uso prolongado.

Mas isso, na teoria.

2015-07-07 16.16.27 2015-07-07 16.16.46

 

Tela

O LG G4 possui uma tela de 5.5 polegadas, com resolução QHD (2560 x 1440 pixels, 538 pixels por polegada). É, indiscutivelmente, uma das melhores telas disponíveis entre os dispositivos móveis do mercado.

2015-07-07 15.04.52

Não só pela resolução, mas pela qualidade final da imagem oferecida. É um nível de cores, brilho e contraste simplesmente impressionantes. Nos mais diferentes tipos de uso e consumo de conteúdo, essa tela é capaz de oferecer um resultado final simplesmente impecável. Entendo que poucos dispositivos no mercado podem oferecer uma qualidade de imagem tão elevada quanto o LG G4.

Também, pudera. A LG usa todo o seu expertise na produção de telas de TVs para os seus dispositivos, móveis, e o resultado não podia ser diferente do que vemos aqui. Além disso, nesse segmento – o de telas para smartphones – temos um mercado cada vez mais disputado e acirrado, onde Samsung e Sony também trabalham pesado para oferecer soluções igualmente atraentes.

2015-07-07 15.04.59

Uma das inovações do LG G4 nesse aspecto é a sua tecnologia IPS Quantum Display, que ajuda na oferta de uma qualidade final de imagem mais ajustada à sua resolução QuadHD. Se comparado com o LG G3 (que já possui uma qualidade de imagem elevada para um dispositivo do seu porte), a diferença é realmente significativa.

 

Sistema Operacional e Interface de Usuário

Screenshot_2015-07-10-14-11-42

O LG G4 conta com o sistema operacional Android 5.1 Lollipop. Ou seja, uma das versões mais recentes do software do Google. Essa é uma excelente notícia, se levarmos em conta que estamos diante de um produto top de linha, com preço de dispositivo premium. Logo, nada mais justo que o cliente já conte de fábrica com uma das versões mais recentes do Android, para obter uma maior segurança, maior estabilidade e melhor performance.

Screenshot_2015-07-10-14-10-46

Já estamos acostumados com as customizações da LG nos seus smartphones, e nesse modelo isso não é diferente. O Android do LG G4 é altamente customizado, com várias soluções dos coreanos e elementos próprios que o distanciam e muito do Android ‘puro’ proposto pelo Google.

Mesmo assim, é uma interface que entrega uma experiência de uso positiva, não comprometendo o desempenho geral do dispositivo. É claro que temos que levar em consideração que o conjunto de hardware é realmente muito potente, e isso facilita muito as coisas para uma entrega de um software mais fluído. Porém, já vimos dispositivos da concorrência contar com um hardware igualmente potente, mas com uma interface que compromete e muito no consumo de recursos.

Screenshot_2015-07-10-14-10-55

Mais uma vez encontramos aqui as soluções já tradicionais da LG, que enriquecem (ou diferenciam ainda mais) a experiência do usuário, como por exemplo o Quick Memo+, o QSlide, Knock On, Knock Code, LG Health, RemoteCall Service, Voice Mate, entre outros. São os diferenciais que os coreanos não só oferecem nos modelos top de linha, mas em muitos casos nas linhas inferiores, universalizando o uso de seus dispositivos.

Screenshot_2015-07-10-14-11-08

No final das contas, tudo no LG G4 funciona muito bem nesse aspecto. Não foram detectados travamentos, lags, arrastos ou falhas críticas durante os testes. É o mínimo que se espera de um dispositivo desse porte. E com as funcionalidades adicionadas pela LG para ter a sua assinatura de uso, o telefone mais uma vez se destaca da concorrência, com resultados positivos nesse aspecto.

 

Qualidade de Áudio

Apesar do alto-falante do LG G4 se posicionar na parte traseira do dispositivo, o áudio emitido pelo dispositivo é excelente. Não apenas na qualidade, mas principalmente pelo volume, que é bem acima da média dos dispositivos que testamos nos últimos meses.

2015-07-07 15.07.23

Essa qualidade pode ser facilmente observada em jogos e vídeos musicais, onde naturalmente o áudio precisa ter uma ênfase maior. Nos jogos, essa qualidade de áudio ajuda a aumentara a imersão na ação desenvolvida na tela, o que é sempre algo positivo para tornar a experiência do jogo mais interessante.

O que podemos concluir? É que, mesmo em um dispositivo com baixa espessura, a LG conseguiu inserir um alto-falante de elevada qualidade e volume. Fica a dica para os concorrentes: é possível sim, desde que vocês queiram fazer.

 

Câmera

Esse é um dos pontos onde a LG mais se esforçou para entregar evoluções perceptíveis ao usuário. E onde, na minha opinião, temos a grande valorização do LG G4 em relação aos seus principais concorrentes no mercado de smartphones top de linha.

Screenshot_2015-07-13-13-09-30

O sensor traseiro do LG G4 possui 16 megapixels de resolução (f/1.8), com foco automático a laser e +OIS 2.0. Ela é capaz de registrar as imagens mais rápido, com maior capacidade de captação em baixa luminosidade e baixo nível de ruído, e novas tecnologias de processamento de imagem. Ou seja, não é apenas colocar uma grande quantidade de megapixels e um sensor de boa qualidade. Os recursos próprios da LG aparecem nesse quesito.

Sem falar no novo modo de controle manual da câmera, uma carência dos modelos anteriores que foi finalmente corrigida no LG G4. Os usuários mais avançados queriam ter um maior controle no registro das imagens, e o modo básico era realmente muito ‘básico’. E como explorar melhor esse sensor de alta qualidade sem poder realizar o ajuste às suas necessidades? Felizmente, a LG corrigiu isso.

20150712_130306

O resultado? Temos uma câmera que oferece resultados excelentes na captura de imagens, e em diferentes situações. Em condições perfeitas de iluminação (um dia de sol e céu azul, por exemplo), as imagens registradas são nada menos que excelentes, com elevada fidelidade às cores apresentadas.

20150711_153738

Mesmo em um dia nublado, o resultado final das fotos chama a atenção positivamente.

20150711_181700

E as fotos com baixa luminosidade oferecem um nível de ruído muito baixo, e dependendo do cenário a ser fotografado, os resultados são muito positivos. Dificilmente você vai encontrar uma câmera que apresente resultados tão eficientes no quesito fotos.

20150713_114208

Outra grande melhoria obtida nesse novo smartphone foi na câmera frontal.

20150713_115546

O LG G4 conta com um sensor frontal de 8 megapixels, que naturalmente tem maior capacidade de captação de imagens que as câmeras dos modelos anteriores. Mas não falo apenas nesse aspecto. Dessa vez, a LG finalmente acertou, corrigindo o problema do elevado pós-processamento das fotos dos modelos anteriores, que davam a impressão que a imagem foi desenhada em algumas fotos.

Nesse sentido, o LG G4 entrega resultados muito melhores, tão bons quanto aqueles que o sensor traseiro seria capaz de entregar (na qualidade de imagem, e não na resolução). Os amantes das selfies vão agradecer e muito essa melhoria, e com isso, o modelo entra na briga para se postular entre os melhores nesse sentido.

20150711_181629

Na parte de vídeos, o novo smartphone da LG também oferece resultados muito competentes, prometendo agradar aqueles que querem produzir conteúdos a partir do dispositivo móvel.

Em resumo: se você prioriza o fator câmera, considere e muito a compra do LG G4. O modelo entregou resultados realmente muito bons nesse aspecto.

 

Games

LG G4

O que esperar de um dispositivo que tem um hardware top de linha, um software atualizado, uma interface de usuário competente e uma tela de alta qualidade e resolução? Que ele seja simplesmente excelente na parte dos jogos. E é isso o que o LG G4 entrega.

Screenshot_2015-07-11-10-33-02

Não me entenda mal. Não é pedir muito. É o mínimo que se pede diante de um dispositivo tão potente. E é o que ele entrega. O usuário que dá prioridade aos games no seu dia a dia não terá problemas na hora de rodar os seus jogos preferidos, com os mais diferentes níveis de exigência. Todos eles rodaram com muita competência e qualidade.

Screenshot_2015-07-11-14-38-43

Não só o desempenho chama a atenção, já que todos os jogos testados não apresentaram travamentos e lags, mas a qualidade final dos gráficos exibidos na tela foi de encher os olhos. Não resta dúvidas que, nesse aspecto, o LG G4 é um dos melhores dispositivos disponíveis no mercado.

Se os jogos são a sua prioridade, não tem nem o que pensar: o LG G4 é uma das escolhas a serem consideradas.

 

Multimídia

Temos aqui basicamente as mesmas impressões do item anterior. Com um conjunto técnico tão robusto, o LG G4 não poderia oferecer outro resultado nas atividades multimídia que não fosse de alta qualidade.

Durante os testes, o consumo de conteúdo de vídeo tanto por streaming como em arquivos armazenados no dispositivo resultou em uma visualização de conteúdo com elevada qualidade. Nada de arrastos, travamentos, lags ou outras anormalidades. E tudo com uma qualidade final de imagem impressionante.

Para quem quer utilizar esse smartphone para ver os seus vídeos preferidos no YouTube, as suas séries e filmes no Netflix, ou eventualmente armazenar os filmes e séries de sua biblioteca particular com diferentes formatos, o LG G4 é um dispositivo que cumpre muito bem essa missão. Talvez você precise instalar um aplicativo dedicado para otimizar essa missão. Mesmo assim, o smartphone é capaz de reproduzir os mais populares sem maiores dificuldades.

A LG também inseriu conteúdos próprios para tornar a vida do usuário mais dinâmica e confortável nesse aspecto, como por exemplo o rádio FM (que é muito bem vindo para quem vive em trânsito) e o Quick Remote, um velho conhecido dos modelos anteriores. Podem parecer futilidades para muitos, mas são diferenciais que uma versão customizada do Android normalmente oferece.

 

Bateria

O LG G4 conta com uma bateria de 2.900 mAh, o que para muitos ainda é insuficiente para um dispositivo com suas características. De fato, esse pode ser o grande calcanhar de Aquiles desse smartphone. Mais uma vez.

Muitos reclamaram que o LG G3 não repetiu a mesma performance no consumo de bateria do LG G2, que foi muito elogiado nesse aspecto. Esperava-se uma postura diferente dos coreanos no LG G4 para esse item tão importante, mas ao que parece, não é bem assim que a banda toca.

Screenshot_2015-07-10-14-11-53

Apesar de contar com recursos que gerenciam melhor a bateria quando a mesma está com um nível mais baixo, e de ter um processador que está um degrau abaixo do polêmico Snapdragon 810 – e essa escolha também foi pensada em uma melhor gestão de consumo energético -, o LG G4 possui uma tela com resolução QuadHD de 5.5 polegadas, que pode ser um natural devorador de bateria, dependendo do perfil de uso de cada um.

Aqui, a regra é bem óbvia: se você usa o smartphone de forma moderada (notificações de redes sociais, poucos jogos e vídeos, acesso às redes sociais em horas determinadas, recebimento e leitura de e-mails, etc), o dispositivo até que pode aguentar o tranco de um dia inteiro de uso.

Screenshot_2015-07-10-14-12-15

Porém, se você tem um uso mais intenso, principalmente das atividades que envolvem a tela do smartphone (jogos e vídeos por várias horas), ou um elevado consumo de dados nas redes 4G, a tendência é que você procure por um carregador até o final do dia. Tal detalhe era até esperado. Afinal de contas, ainda não temos uma solução eficiente que ofereça uma grande autonomia de uso mesmo com a tela do dispositivo ativa na maior parte do tempo.

A não ser que você coloque uma bateria com grandes dimensões. Mas aí você compromete o design do seu dispositivo.

 

Armazenamento

O LG G4 conta com 32 GB de armazenamento interno, onde pelo menos 22 GB estão disponíveis para o usuário fazer o que quiser. Suponho que esse espaço livre será melhor aproveitado com a instalação de aplicativos, e esse espaço é mais do que suficiente para fazer a alegria da maioria dos usuários.

Screenshot_2015-07-11-11-52-01

Para os dados de usuário (fotos, vídeos, músicas, etc), temos um slot microSD com suporte para cartões de até 128 GB de dados. Também acredito que essa quantidade é mais do que suficiente para a maioria que deseja armazenar o seu conteúdo e carregar consigo tudo o que quiser com o smartphone.

Tais números são suficientes para que até os mais exigentes se vejam satisfeitos nesse aspecto. Para muitos, o LG G4 oferece esse importante diferencial em relação a alguns dos seus principais concorrentes: um espaço nativo satisfatório, e a possibilidade de expansão desse armazenamento.

 

Desempenho

O LG G4 oferece um desempenho que beira ao impecável. O processador Qualcomm Snapdragon 808 (hexa-core de 1.8 GHz, 64 bits) não é o mais potente do mercado, mas é mais do que suficiente para oferecer uma excelente performance em todas as atividades que o usuário desenvolver no dispositivo.

Jogos, vídeos, músicas, navegação na internet, interação com as redes sociais, interação com o sistema operacional… tudo é feito de forma limpa, com excelente tempo de resposta. Durante os testes, a experiência de uso com o LG G4 foi a mais prazerosa possível, onde temos um equilíbrio de hardware e software muito bem ajustado.

Nesse aspecto, o LG G4 se posiciona como um dos melhores smartphones de 2015, e com facilidade. Qualquer usuário que adquirir o modelo e prioriza um bom desempenho na maior parte do tempo, certamente fará um bom investimento.

 

Conclusão

2015-07-07 16.15.06

O LG G4 é, sem dúvida, um smartphone top de linha, em todos os aspectos observados nesse review, e nos pontos que a própria LG investiu na evolução do modelo. O resultado final é a constatação que estamos diante de um dos melhores dispositivos do ano, que pode agradar todos os tipos de público, principalmente os mais exigentes.

Muitos vão se questionar se esse smartphone realmente vale o valor cobrado aqui no Brasil. Particularmente, acho o mercado de smartphones supervalorizado, com preços exorbitantes entre os modelos top de linha (e essa tendência perigosamente se aproxima do cobiçado mercado de linha média). Por outro lado, a máxima é a mesma: se tem gente disposta a pagar por esse valor, os fabricantes vão oferecer os produtos por esse valor.

Um dos trunfos do passado era que os modelos LG G2 e LG G3 chegavam ao mercado com um valor um pouco abaixo daquele cobrado pelas alternativas da concorrência. O LG G4 também faz isso, com uma diferença de preço que é pelo menos R$ 300 a menos que os seus pares (apesar da Samsung recentemente promover um corte de preço em seus dispositivos).

Porém, estamos falando de um smartphone que custa R$ 3 mil. É muita coisa. É mais caro que o meu computador pessoal (um Dell Vostro 5470), que oferece em termos de produtividade muito mais que um smartphone. Mas infelizmente esta é uma característica do mercado atual, e com um cenário de instabilidade econômica, entendo que não vai demorar muito para a ‘bolha’ dos smartphones estourar, e os fabricantes reverem os seus conceitos em relação ao preço dos seus produtos mais avançados.

Dito isso, o LG G4 está em pé de igualdade dos seus concorrentes na relação custo-benefício. Talvez a ausência de uma carcaça metálica possa colocá-lo um degrau abaixo no seu fator ‘premium’, mas não desabona o dispositivo no que se refere ao seu desempenho, qualidade dos materiais, de câmera e funcionalidades. É um dos dispositivos altamente recomendados para aqueles que podem pagar por isso.

19361979

Review em Vídeo